domingo, 12 de fevereiro de 2017

APUCARANA - Bandidos invadem chácara e fazem criança refém

Além do assalto na propriedade rural onde até uma criança foi feita refém, houve furtos de veículo, embriaguez ao volante e outras ocorrências
ASSALTO - A Polícia Militar de Apucarana registrou várias ocorrências do dia 11 para 12 de fevereiro. Entre elas está mais um assalto na zona rural, mais precisamente em uma chácara que fina na BR 376 – Rodovia do Café. Conforme relato da solicitante, chegaram na propriedade três indivíduos, dois encapuzados e um de cara lima e armado de revolver. Eles renderam uma moradora, mais duas pessoas que estavam na residência da chácara (inclusive uma criança), os deixando amarrados em um dos cômodos da casa. Mediante ameaça roubaram do local duas TV Led 22”; TV de tubo 29”, um acordeon, aparelho de telefone celular, secador de cabelo, chapinha, notebook, diversas bebidas e alimentos. ARROMBAMENTO - Na Rua Nilo Peçanha, 735, no Jardim Trabalhista, uma casa foi arrombada pela janela do quarto e do interior foram levados dois aparelhos de Televisores, um aparelho de notebook e três pares de tênis de marca. FURTOS DE VEÍCULOS - Na manhã de 11 de fevereiro, na Av. Gov. Roberto da Silveira, 460, Vila São Carlos, na Kowalski, furtaram uma motocicleta Honda/CG 125 Fan com placa ECV-2613 e cor preta estacionada no estacionamento interno da empresa. Pertencia a um funcionário que foi trabalhar à noite. O segundo furto de veículo foi na Rua Firman Neto, Jardim Apucarana, próximo a Nimbus. Morador deixou estacionado seu veículo VW/Santana, de cor azul, placas BYA - 2927 de Apucarana/Pr, e quando retornou notou que havia sido furtado juntamente com os documentos. EMBRIAGUEZ - Ainda em Apucarana, um homem de 33 anos, foi detido por embriaguez na tarde de sábado, dia 11 de fevereiro, na Rua Zulmira. No local foi percebida uma caminhonete GM/ Chevrolet S10, de cor azul, placas BQD-2679 de Apucarana/Pr, sobre a calçada e encostada em um poste da rede elétrica que estava com a base quebrada, possivelmente pelo choque do veículo. O condutor estava sentado no banco do motorista em visível estado de embriaguez. Ele não possui CNH e o teste do bafômetro aferiu 1,85 mg/l. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário