quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

BRASÍLIA - Serra alega problemas de saúde e sai do governo Temer

        O ministro das Relações Exteriores, José Serra, pediu demissão. Ele enviou uma carta ao presidente Michel Temer alegando problemas de saúde. Serra afirmou que não consegue mais manter o ritmo de viagens de trabalho. O tucano estava no cargo desde maio do ano passado. Ele é senador licenciado por São Paulo e tem mandato até 2022. VEJA A CARTA - “Senhor presidente, Pela presente, venho solicitar minha exoneração do cargo de Ministro de Estado das Relações Exteriores. Faço-o com tristeza mas em razão de problemas de saúde que são do conhecimento de Vossa Excelência, os quais me impedem de manter o ritmo de viagens internacionais inerentes à função de Chanceler. Isto sem mencionar as dificuldades para o trabalho do dia a dia. Segundo os médicos, o tempo para restabelecimento adequado é de pelo menos quatro meses. Para mim, foi motivo de orgulho integrar sua equipe. No Congresso, honrarei o meu mandato de senador trabalhando pela aprovação de projetos que visem à recuperação da economia, ao desenvolvimento social e à consolidação democrática no Brasil" Respeitosamente, José Serra

Nenhum comentário:

Postar um comentário