sábado, 25 de fevereiro de 2017

GOLPE– Golpista se passa por Policial e aplica golpe em Borrazópolis

O estelionatário ligou em vários supermercados da cidade dizendo que era Sargento do Destacamento local e pedindo que fossem colocados créditos em celulares
A Polícia Militar de Borrazópolis alerta para um golpe que foi aplicado contra um Supermercado; estelionato que pode ocorrer em outras cidades da região. “O indivíduo liga no estabelecimento comercial, geralmente de presídios e pede para levar algum produto na Delegacia ou no Destacamento, informando que quando chegar a mercadoria, fará o pagamento. A ligação é apenas para ganhar a confiança do funcionário do referido comércio, porque pouco depois ele liga novamente dizendo que é para colocar créditos em alguns números de celulares prometendo pagar junto com os produtos que foram encomendados, e é neste momento que o Golpe se consuma”, informou a Polícia Militar ao Blog do Berimbau e Rádio Nova Era. No caso de Borrazópolis, era por volta das 14 horas, de 24 de fevereiro, quando ligaram em um Supermercado, que pediu para não ter o nome divulgado, se passando por um tal de Sargento Dener. Ele solicitou que um fardo de açúcar fosse levado no Destacamento, em seguida perguntou o valor e informou que era para a funcionária mandar troco para 100 reais. Feita a encomenda, o meliante desligou o telefone, mas instantes depois ligou novamente e solicitou que fossem colocados créditos nos valores de R$ 200,00 reais, R$400,00 e R$40,00, reais em números com o prefixo sessenta e cinco informando que eram celulares de policiais militares que estavam trabalhando na viatura (Números 65 99914 –7042 e 99677–6730 do Mato Grosso). Logo em seguida, a funcionária do Supermercado mandou que as mercadorias e a cobrança fossem levadas no Destacamento da Polícia Militar, mas ao chegar no local, foi informada que nenhum Policial fez o pedido e que tudo não passou de uma fraude. Todas as providências foram tomadas em relação aos fatos e há informações que constrangida, a funcionária pediu demissão. Descobriu-se também que os malandros ligaram em vários estabelecimentos comerciais da cidade, por isso, fica o alerta para toda região.

Nenhum comentário:

Postar um comentário