terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

POLICIAL - VÁRIAS OCORRÊNCIAS

Em Faxinal um homem foi acusado de furtar cadeira de rodas, mas negou o fato na delegacia. Já em Apucarana, Ivaiporã, Borrazópolis e Cruzmaltina, ocorreram roubos, acidentes e muita confusão
APUCARANA - Em Apucarana, no dia 06 de fevereiro, às 13 horas, na Rua Rio Grande do Sul, no Jardim Apucarana, Terminal Rodoviário, uma pessoa que estava na frente, aguardando ônibus no ponto, disse que passou um indivíduo de bicicleta de cor vermelha e arrancou o seu aparelho de celular/ Samsung S3, cor azul, se evadindo para rumo ignorado. IVAIPORÃ - Um morador de Ivaiporã, disse no dia 06 de fevereiro, que mudou-se para um novo endereço no sábado e saiu por volta das 07h00min, mas ao retornar para o almoço, notou que sua residência tinha sido violada e que foram subtraídos utensílios de cozinha e alimentos. A nome da Rua que o furto ocorreu não foi divulgada pela 6ª Companhia e nem o nome da vítima. FAXINAL - Um homem nome Tiago O. B, de 59 anos, foi detido acusado de furtar uma Cadeira de Rodas do Lar São Vicente de Paula. A informação é que ele pulava o muro com uma cadeira na mão. Mas na delegacia, o furto não ficou confirmado e o fato foi registrado apenas como violação de domicílio praticada pelo acusado que tinha ingerido bebida alcoólica. BORRAZÓPOLIS - Em Borrazópolis, uma mulher de 41 anos, disse que foi na casa de uma conhecida, quando uma senhora a agrediu com tapas e ainda praticou injurias e racismo contra a mesma. Nomes e endereço não foram divulgados pela PM. Também em Borrazópolis, uma homem de nome Luiz Carlos, foi acusado de ameaçar vizinhos, confusão que vem ocorrendo há algum tempo. Também não foram divulgados mais detalhes e nem endereço. CRUZMALTINA - Em Cruzmaltina, no dia 06 de fevereiro, uma mulher disse que na Rua Projetada 08, de um dos bairros urbanos, seu filho, adolescente, trafegava de bicicleta quando foi fechado por um Fiat Pálio. Ferido, o jovem foi levado para um Hospital de Ivaiporã, mas o condutor fugiu, omitindo socorro e não sendo identificado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário