quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

PROJETOS - ASSEMBLEIA

Deputados aprovam oito projetos de lei em única sessão plenária, um deles concede o título de cidadão benemérito do Paraná ao Padre Célio Tarozo,  do Santuário de Lunardelli 
Padre Célio, de Luanrdelli pode virar cidadão Benemérito 
Oito projetos de lei foram aprovados pelos deputados na sessão plenária desta quarta-feira (8), na Assembleia Legislativa do Paraná (Alep). Entre eles o projeto de lei nº 644/2015, de autoria dos deputados Maria Victoria (PP) e Anibelli Neto (PMDB), que cria a “Rota da Cerveja Artesanal no Estado do Paraná”. O objetivo do projeto é incentivar a produção de cerveja artesanal por meio das cervejarias caseiras e microcervejarias, além de promover eventos ligados à produção. A medida tenderia também a difundir o turismo e gerar mais emprego e renda aos paranaenses.  A rota, inicialmente, será composta pelos municípios de Almirante Tamandaré, Araucária, Campo Largo, Colombo, Curitiba, Pinhais, Piraquara, Ponta Grossa, Quatro Barras e São José dos Pinhais. Em primeiro turno, a matéria recebeu 31 votos favoráveis e nenhum contrário.   Também em primeira votação, foram aprovados os projetos de lei nº 778/2015, do deputado Elio Rusch (DEM), que insere no calendário oficial do Paraná a Semana Estadual de Conscientização do Uso de Agrotóxicos e Domissanitários; e o nº 472/2016, do deputado Schiavinato (PP), que concede o título de utilidade pública à Associação Cultural e Esportiva de Toledo.    Segundo turno – Outras cinco propostas em segunda votação foram aprovado na sessão desta quarta-feira. São eles os projetos de lei nº 44/2016, dos deputados Hussein Bakri (PSD) e Schiavinato (PP), que institui o Dia Estadual da Prevenção, Controle e Orientação da Osteoporose; nº 277/2016, da deputada Claudia Pereira (PSC), que institui a Região Turística Rotas do Pinhão; nº 339/2016, do deputado Cobra Repórter (PSD), que concede o título de Cidadão Benemérito do Paraná ao padre Célio Marcos Tarozo; nº 455/2016, dos deputados Adelino Ribeiro (PSL), André Bueno (PSDB), Marcio Pacheco (PPL) e Professor Lemos (PT), que concede título de utilidade pública à Associação de Proteção e Assistência aos Condenados, com sede em Cascavel; e o 545/2016, do deputado Elio Rusch, que concede título de utilidade pública à Congregação das Irmãs de São José, localizada em Curitiba.

Nenhum comentário:

Postar um comentário