domingo, 5 de março de 2017

IVAIPORÃ - Assassinato de uma criança e prisão do acusado

Após disparar tiro em adulto e matar uma criança, acusado do crime foi preso por um policial militar que estava de folga e reconheceu o assassino em fuga
Foto do pequeno André Felipe 
A cidade de Ivaiporã ficou chocada com o assassinato de uma criança, fato ocorrido na tarde deste domingo, 05 de março, por volta das 14:10 horas. A vítima: André Felipe do Couto Pereira, de 08 anos, morreu após ser atingida por um disparo de arma de fogo no Lago das Flores, que fica nos fundos do "Sesc Senac" de Ivaiporã, na Vila João XXIII. A Polícia Militar, Bombeiros, IML e uma equipe da Polícia Civil, foram para o local. Pouco depois, o fato já estava esclarecido e ficou apurado que João Nivaldo dos Reis, mais conhecido como "João Cascão", natural de Grandes Rios, foi até o Lago para acertar contas com Lucas Ramos, com quem tinha uma rixa por conta de uma agressão sofrida no final de ano, de 2016 para 2017. Ao ter certeza que era o Lucas, o acusado sacou a arma, um revólver, e atirou em direção ao rapaz, o qual não chegou a ser atingindo, mas infelizmente a bala feriu de morte o inocente André Felipe, que seria parente de Lucas e estava nas margens da lagoa juntamente com ele. O tiro entrou na lateral do braço e transfixou o corpo do menino. Após a chegada da Polícia Civil, o corpo foi encaminhado para o IML. Menos de uma hora do crime, chegaram informações que o assassino havia sido preso pelo Soldado Fábio, um Pm que estava de folga, mas ficou sabendo do fato pela internet, momento em que reconheceu o meliante passando próximo a sua casa, na Rua Visconde do Rio Branco e deu voz de prisão. "O Policial Militar informou que estava de folga, porém após receber as informações sobre o fato e morar próximo do local, pegou seu carro particular e logrou êxito em localizar João Cascão, o abordando imediatamente", informou o Major Sagati, comandante da Companhia Independente. Por telefone a reportagem do Blog do Berimbau e Rádio Nova Era, também falou com o Soldado Denis, que confirmou a detenção e que inclusive "João Cascão", já havia sido entregue na delegacia. A Pm ainda encontrou Lucas em sua casa, e o levou até a Polícia Civil para ser ouvido, o qual confirmou os fatos. Ao ser preso, Reis afirmou que arma do crime, um revólver calibre 38, foi jogada no Lago. De posse desta informação, o Delegado Dr. Gustavo, com apoio do Corpo de Bombeiros, sob comando do Tenente Blasques e mergulhador Soldado Mahnic, foram para o local fazer buscas, mas a arma não foi encontrada, pois isso, as buscas serão retomas. Todas as providências foram tomadas referentes ao caso. Familiares ficaram inconsoláveis e o clima de revolta tomou conta de parentes e amigos. NOTA DA ESCOLA - A professora Rose Sirço, Diretora do Departamento de Educação de Ivaiporã, definiu, durante o velório, que as aulas na Escola Municipal Ivaiporã, onde André estudava, no período da manhã de segunda-feira, dia 06 de março, seria normal, mas no período da tarde suspensa devido ao falecimento do aluno. . SEPULTAMENTO - Segundo agente Funerário Samuel, do Plano Aliança, a família decidiu pelo velório nas Capelas Aliança (Sala Homenagem 02) e seu sepultamento no dia 06/03 (Segunda-feira) horário a confirmar. (Colaboração - Cachorrão do Mototáxi, Samuel do Aliança, Cláudio Henrick da Rádio Ubá e José Amaral)


Um comentário: