quinta-feira, 9 de março de 2017

IVAIPORÃ - DIA MUNDIAL DO RIM

Dr. Marcos Gevert do Hospital do Rim de Ivaiporã, concedeu entrevista ao vivo, a Rádio Nova Era e Blog do Berimbau, para falar sobre doenças renais e a importância da prevenção   
ENTREVISTA - No link de vídeo, ouça entrevista com o Médico Dr. Marcos Gevert, de Ivaiporã 
      No dia 09 de março, de 2017, Dia Mundial do Rim, o repórter Ronaldo Alves Senes, o "Berimbau", entrevistou o conceituado médico, Dr. Marcos Gevert, diretor do Hospital do Rim de Ivaiporã, unidade de saúde que passou a ser uma referência na região norte do Paraná. O objetivo da entrevista, ao vivo, foi comentar sobre as doenças renais, quais as atividades que são realizadas no Dia Mundial da doença e debater a importância da prevenção. Dr. Marcos começou falando sobre Hospital de Ivaiporã, que iniciou suas atividades no ano de 1991, com um sonho direcionado a pacientes carentes e portadores de doenças renais crônicas, na área de nefrologia. Hoje existe convênio com prefeituras da região e um trabalho importante que resultou em uma rede de antedimento voltada para todo Vale do Ivaí e região Central. DIA MUNDIAL DO RIM - A Sociedade Brasileira de Nefrologia coordena a campanha no Brasil e criou material informativo e educativo que foi e continua, durante o mês, sendo distribuído e divulgado em todas as regiões brasileiras. Segundo a entidade, no Brasil, cerca de 15 milhões de pessoas sofrem de problemas renais e, boa parte desse quantitativo, sequer tem noção de que sofre de alguma doença nos rins. Visando ampliar a conscientização e facilitando o acesso à informação, a campanha é feita. "Trazer a informação da doença renal crônica para a população é oferecer prevenção, evitando o aumento do alto índice de pacientes. Hipertensão e diabetes são os dois principais fatores de risco, agravados por outro vilão que vem ganhando força, a obesidade”, observou a Sociedade Brasileira de Nefrologia (SBN). Ao comentar sobre problemas renais, o Dr. Marcos, de Ivaiporã, fez uma alerta para que na rede primária, os Clínicos Gerais, fiquem atentos a qualquer tipo de sintoma, porque muitos pacientes só se dão conta de buscar tratamento, quando o problema já se tornou crônico. Ele disse que existe um exame, chamado de Creatinina, usado para avaliar a função dos rins, e que se ele for mais solicitado, muitas pessoas podem ser salvas ou evitar o avanço para um problema mais grave. Para ouvir a entrevista completa, onde o Médico responde questionamentos e falou abertamente do tema, click no link de vídeo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário