sábado, 11 de março de 2017

JANDAIA - Morte de mulher é investigada como homicídio

A vítima pediu socorro em uma residência dizendo que tinha sido agredida pelo seu marido e pouco depois tombou morta
Rosimeri de Fátima Rocha, de 51 anos, faleceu após pedir socorro na cidade de Jandaia do Sul, fato ocorrido por volta das 22 horas, de sexta-feira, 10 de março, de 2017, na Avenida Getúlio Vargas. A PM informou que uma mulher ligou na Companhia informando que a vítima havia entrado em sua casa, desesperada e dizendo que havia acabado de ser agredida pelo seu amásio e que não estava passando bem. Na sequência ela caiu na cama reclamando de falta de ar. Foi acionado o SAMU, que ao chegar no local constatou que a vítima já estava em óbito. De acordo com vizinhos, o provável autor da agressão, seria seu marido, o conhecido “Mudinho”. Foi acionado o IML de Apucarana onde exames seriam realizados para atestar qual era a real causa morte. A Polícia Civil instaurou inquérito para cuidar do caso. PRISÃO - No Sábado, o Repórter Roberto Junior, do Portal Agora, informou que às 10h30 horas, a Polícia Militar de Mandaguari foi avisada de que Marco Aurélio de Laia da Silva, conhecido por “Mudinho”, estava se escondendo na residência de sua mãe, que fica no Conjunto Ipacaray. De posse das informações, os soldados Freires e Romeu se deslocaram até o endereço onde o acusado estava e o encontraram. Os policiais deram voz de prisão a “Mudinho”, que não resistiu e foi encaminhado à 55ª Delegacia de Polícia Civil de Mandaguari, onde foi colocado à disposição da Justiça.

Nenhum comentário:

Postar um comentário