quinta-feira, 16 de março de 2017

POLICIAL - Furto, estelionato e pertubação em Lidianópolis

Polícia Militar registrou três ocorrências em um único dia, entre elas: Furto contra pescador no Porto Ubá;  estelionato que fez vítima um agricultor e pertubação de sossego 
FURTO - Um pescador cadastrado como profissional, de 57 anos, morador do Porto Ubá, registrou no dia 15 de março, um furto de materiais de pesca, fato percebido durante a madrugada. Ele contou que  levaram das margens do Rio,  três redes de 30 metros de malha 11 e uma  de 60 metros de malha 12, as quais se encontravam nas proximidades do Rio Ivaí,  Segundo o trabalhador, ele necessita do equipamento,  pois depende exclusivamente da pesca para sobreviver. A Polícia fez busca, mas nada foi encontrado.  ESTELIONATO - Um sitiante que não teve o nome e nem o bairro divulgado, foi vítima de estelionato em Lidianópolis.  Ele tem 59 anos, e contou que  fizeram cartões de crédito em seu nome, um por uma financeira e  dois  diretos  em Bancos, com os quais realizaram compras pela Internet nos valores de  R$646,28,  R$581,48 e de R$764,98. PERTUBAÇÃO - Ainda em Lidianópolis,  na tarde de quarta-feira, dia 15 de março, na Rua Almirante Tamandaré, uma mulher de nome  Luzia Ferreira de Lima, de 36 anos, foi autuada após denúncia de pertubação de sossego. No endereço acontecia uma  festa com som em volume excessivamente alto.  A PM informou que o aparelho de som seria apreendido, momento  em que a mulher esboçou resistência negando que estava ocorrendo pertubação. Após a situação controlada, ela foi encaminhada até o Destacamento para ser confeccionado um boletim de Termo Circunstanciado. Em seguida  Luzia foi liberada, mas orientada sobre as consequências, caso a pertubação voltasse a ocorrer.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário