quinta-feira, 2 de março de 2017

RELATÓRIO - PATRULHA AMBIENTAL

A  Patrulha Ambiental, formada por pescadores do Porto Ubá em Lidianópolis, realizou  importante trabalho aquático de educação ambiental. Em uma operação que terminou em São João do Ivaí, várias apreensões foram realizadas
Veja o resultado de mais uma importante ação da Patrulha Ambiental do Rio Ivaí, formada por pescadores profissionais, com sede no Porto Ubá, município de Lidianópolis,  que após inúmeras denúncias da prática de pesca com matérias predatórios no trecho do Rio Ivaí (Porto Ubá até  São João do Ivaí) em período da piracema, realizou uma  operação para combater crimes ambientais. O grupo composto por 13 pessoas, distribuído em 04 embarcações, iniciou a varredura na  Ponte em Porto Ubá (Lidianópolis) às 05:00 horas da manhã do dia 26/02/2017, com destino a Prainha em São João do Ivaí. Ao longo do Rio foram localizadas várias pessoas acampadas e materiais, como redes, armados no Rio. Ninguém assumiu a autoria da pesca, mas foram feitas orientações e apreensões dos referidos materiais.   "As pessoas foram orientadas quanto ao período de piracema, sobre os materiais proibidos para a pesca em área de preservação e da necessidade de preservar a natureza, pois os peixe estavam em fase de reprodução  e era preciso  preservar as espécies para as futuras gerações", informou nota divulgada pelos Patrulheiros.  Foram recolhidos 1.000 metros de redes, 02 tarrafas, 04 molinetes e vários anzóis de galhos, todos apetrechos de pesca não permitido, conforme as Portarias do IAP n°206/2016  e Ibama número 025/2009. Tudo foi entregue ao IAP e Polícia Florestal, para os procedimentos legais, conforme as portaria. IMPORTÂNCIA DO RIO  -Rio Ivaí, um dos principais do Estado do Paraná, pois é o único rio tributário livre de barramento. Seu curso natural transforma a região em um berçário natural, sendo uns dos responsável pela manutenção dos estoques pesqueiro do Rio Paraná, pois os peixes, no período da piracema, sobem do rio Paraná ao rio Ivaí, e,  após seis meses. começam a decida de volta espalhando vida na água.  A Patrulha Ambiental do Rio Ivaí, alerta que os trabalho de patrulhamento vão continuar, mesmo após a Piracema, porque a pesca seguirá, para os pescadores profissionais e amadores, com alguma normas e restrições. No caso do amador, fica proibido o uso de redes,  tarrafas, espinheis, entre outros. Os mesmos só podem usar o caniço simples, molinete e vara, obedecendo a norma contida na Portaria IAP 092/2016.

Nenhum comentário:

Postar um comentário