sábado, 15 de abril de 2017

ASSALTO - "Bandidos assaltam e levam 19 mil em Faxinal"

O roubo foi praticado contra um morador da Vila Nova Em Faxinal.  Duas pessoas foram presas e ainda suspeitos foram localizadas em Mauá da Serra 

Luís Henrique Prima
         Uma ocorrência de roubo, que a Polícia Militar de Faxinal começou a registrar às 08:45 horas da manhã do feriado de "Sexta-feira Santa", em Faxinal, na Vila Nova, fundos de uma Mercearia, terminou com prisões e diligências em Faxinal e Mauá da Serra. Entre os detidos, acusados do assalto ou suspeitos, estão: Valdir Gomes de Souza Júnior, 18 anos, Luana Alves Pessoa, 22 anos. Tudo começou quando Reinaldo Adriano dos Santos, 35 anos, contou que saiu para trabalhar, às 06:30 da manhã, sendo que após as 08 horas, voltou na casa e deparou com a esposa Gismara Fernanda Vanes da Cunha, de 26 anos, junto com sua filha, uma criança de colo, ambas chorando muito e dizendo que haviam sido vítimas de roubo e que os bandidos deitaram mãe e filha no chão fazendo fortes ameaças de morte. Os suspeitos são dois indivíduos, um de cor branca, já conhecido no meio policial, de nome Alan Ribeiro Pedroso, foragido da Delegacia de Policia de Faxinal, e o outro seria Marcos Willian de Barros Sarturi, também com passagens, os quais fugiram levaram R$19.000,00 dezenove mil reais, dois aparelhos celulares e também exigiam armas. As buscas começaram e às 11 horas da manhã, a própria vítima, informou que um veículo Fiat/pálio, de cor preta, com placas de Mauá da Serra, EPZ-4594, estaria dando fuga para os criminosos na Estrada do Barreirinha, inclusive, ao perceberem sua aproximação, os suspeitos começaram a segui-lo. O cidadão permaneceu com o celular ligado falando com a equipe policial, enquanto era seguido pelos supostos criminosos. Também notou que mais dois meliantes ficaram no meio de uma mata. Quando a viatura chegou e visualizou o carro, os ocupantes jogaram uma simulacro de pistola, uma blusa vermelha e uma lanterna. Eles foram detidos e identificados por Valdir Gomes de Souza Júnior, 18 anos, e Luana Alves Pessoa, 22 anos. Questionados sobre qual a participação no roubo, eles permaneceram calados, mas os objetivos foram todos reconhecidos pela vítima do assalto, inclusive a lanterna que era um dos objetivos roubados. Mais tarde, uma equipe de Mauá da Serra, informou que os possíveis autores estariam na cidade, inclusive que um teria o cabelo tingido de loiro e várias tatuagens, e outro seria uma tal de "Tonho". Em diligências próximo ao Conjunto 106, chegou uma nova informação que em uma casa havia cinco indivíduos e que poderiam ter participação no crime.  Na residência, Aisllan Wesley Lopes da Silva, que se apresentou como morador, autorizou busca domiciliar, porém nada de ilícito foi localizado, mas em um endereço ao lado, onde reside Avacir da Luz Ávila, estava ele e seu filho adotivo de nome Luis Henrique Prima, o qual disse estar morando em Rosário do Ivaí. Este foi reconhecido pela vítima de Faxinal, como um dos participantes. Em outra casa, numeral 63, proprietário Antonio Mariano Marins, no quintal, dentro da caixa de gordura, havia uma sacola verde onde havia R$ 3.992,00 em diversas notas. Indagado Antônio, o mesmo não soube dizer  a procedência  do dinheiro, como ele foi parar naquele local e que não conhecida  Luis.  Todos os detidos foram levados para a Delegacia, e todos eles, inclusive os que foram reconhecidos, negaram participação no crime de roubo em Faxinal. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário