sexta-feira, 21 de abril de 2017

JULGAMENTO - Após 20 anos, morador de Rosário do Ivaí vai a Júri

O crime aconteceu em Campineiro do Sul, onde de cima de um cavalo, o acusado teria tentado matar o desafeto 
VÍDEO - No link de vídeo ouça entrevista com o Advogado, antes do encerramento do Julgamento        
O Tribunal do Júri da Comarca de Grandes Rios, se reuniu no dia 20 de abril de 2017, começando às 09 horas da manhã, para o Julgamento do Réu Marcos Aparecido Soares de Matos, um operário, atualmente com 42 anos, residente em Curitiba PR, acusado de tentativa de homicídio. Apesar de quase 20 anos do crime, o caso não prescreveu, porque Marcos era foragido da justiça. Consta nos autos de inquérito, que no dia 25 de dezembro de 1997, por volta das 20:30 horas, na localidade de Campineiro, Município de Rosário do Ivaí, o acusado estava montado em um cavalo, passando em frente a casa da vítima Marcio José Bordini, que é um agricultor. Ele teria chamado  o cidadão para conversar. Segundo depoimento da vítima, logo começou uma discussão verbal e o indiciado sacou um revólver, que trazia consigo, e deflagrou quatro disparos em direção ao morador. Os tiros foram efetuados de cima do cavalo, mas a cada disparo, Marcio se escondia atrás de uma árvore, evitando um desfecho trágico. Também consta nos autos que ambos eram inimigos por causa de uma rixa que envolvia a namorada de Marcos. Após a tentativa frustrada de homicídio, o réu saiu galopeando, tipo Velho Oeste Americano e evadiu-se do local. Foi decretada a sua prisão preventiva, mas somente depois de mais de 15 anos,  o procurado foi encontrado. O Julgamento foi presidido pela Dra Lívia Antunes Caetano; na acusação, representando o Ministério Público,  Dr Roger. A defesa foi feita pelos advogados Dr Edineudes e Dra Katyucya, de Rosário do Ivaí. RESULTADO - Ao longo do julgamento, foram ouvidas três testemunhas. O júri foi realizado com réplica e tréplica e muitos embates. Ao final, a sentença proferida foi a condenação de dois anos, onde o acusado terá que se apresentar no fórum uma vez por mês, mas ficará em liberdade. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário