segunda-feira, 29 de maio de 2017

BRASÍLIA - MANOBRAS POLÍTICAS

Temer troca comando dos ministérios da Justiça e da Transparência, mantendo Serraglio no primeiro escalão para proteger Rocha Loures 
  O presidente Michel Temer decidiu trocar, no dia 28 de maio, o comando dos ministérios da Justiça e Segurança Pública e da Transparência. Osmar Serraglio, que estava na Justiça desde março, assumirá a Transparência, Fiscalização e Controladoria-Geral da União (CGU), trocando de lugar com Torquato Jardim.  A saída de Serraglio foi anunciada pouco antes das 15h, por meio de nota, pela assessoria do Palácio do Planalto. Por volta das 16h30, assessores confirmaram que a mudança se trata, na verdade, de uma troca entre os titulares dos dois ministérios. O motivo da mudança não foi divulgado pelo governo, mas analistas acreditam que a ideia foi afastar  Serraglio, citado na Operação Carne Franca, e ao mesmo tempo  o manter no governo, para que seu suplente, o deputado Rodrigo Rocha Loures, flagrado carregando um mala de dinheiro, e homem de confiança e Temer, que é suplente do Ministro, continue deputado e mantenha o foro privilegiado. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário