quinta-feira, 18 de maio de 2017

CORRUPÇÃO - ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Ministro Edson Fachin, do STF, manda Aécio Neves se afastar do cargo. Irmã 
O ministro Edson Fachin, relator da Lava-jato no Supremo Tribunal Federal, mandou afastar o presidente nacional do PSDB, Aécio Neves, do cargo de senador. O magistrado negou, no entanto, o pedido apresentado pela Procuradoria-Geral da República para prender o tucano. Ele preferiu mandar o caso para o plenário do STF.  Endereços de Aécio são os principais alvos de mandados de busca e apreensão no Rio, em Belo Horizonte e Brasília numa operação da Polícia Federal e do Ministério Público Federal. O empresário Joesley Batista, da JBS, afirma que gravou o tucano pedindo dois milhões de reais. Em nota, Aécio afirma estar tranquilo quanto aos atos dele.   O deputado federal Otávio Leite, do PSDB do Rio de Janeiro, afirmou que, ainda nesta manhã, a bancada do partido no Congresso vai se reunir para definir uma posição conjunta diante da situação envolvendo o presidente nacional da legenda, Aécio Neves. Lideranças do PSDB já pediram o afastamento de Aécio da presidência do partido. Para os parlamentares, as denúncias contra o senador atingem diretamente a sigla e o melhor seria Aécio se afastar do cargo até para se defender.  OPERAÇÃO -  Imóveis do senador Aécio Neves no Rio de Janeiro e em Belo Horizonte e o gabinete dele no Congresso, em Brasília, foram os principais alvos de uma operação da Polícia Federal e do Ministério Público. Na manhã desta quinta-feira, 18 de maio, estavam sendo cumpridos mandados de busca e apreensão nos locais. Até o momento, um procurador da República foi preso. Também são cumpridos mandados judiciais contra a irmã de Aécio, Andréa Neves, e pessoas ligadas ao ex-deputado federal Eduardo Cunha. ( Por
Cbn)
Senador ao lado da irmã 
PRISÃO - Irmão do Senador Aécio foi presa 
A irmã e assessora do senador Aécio Neves (PSDB-MG), Andréa Neves, foi presa por agentes da Polícia Federal e do Ministério Público Federal na manhã desta quinta-feira (18) em Nova Lima, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, em Minas Gerais. A casa de Andrea fica em um condomínio fechado em Nova Lima e uma fonte da Polícia Federal confirmou que a irmã do senador foi presa em casa. No Rio, um chaveiro foi chamado para os agentes cumprirem o mandado de busca e apreensão no apartamento de Andréa em Copacabana, na Zona Sul. Este imóvel pertenceu ao ex-presidente Tancredo Neves, avô de Aécio e Andréa.   A operação foi deflagrada a partir da delação da JBS, revelada pelo jornal O Globo. Nela, Aécio Neves aparece pedindo R$ 2 milhões ao empresário Joesley Batista para pagar a defesa dele na Lava Jato. As informações foram confirmadas pela TV Globo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário