terça-feira, 23 de maio de 2017

LAVA JATO - LULA DENUNCIADO

MPF denuncia  Luiz Inácio Lula da Silva e mais 12 pessoas no caso do sítio de Atibaia
Em Curitiba, o Ministério Público Federal denunciou 13 pessoas no caso do sítio em Atibaia, entre elas, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. A força-tarefa afirmou que ele se beneficiou de reformas na propriedade, que teriam sido pagas pela Odebrecht e pela OAS.  O ex-presidente Lula é acusado de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Segundo o Ministério Público Federal, ele recebeu propina por meio de reformas e decoração no sítio de Atibaia.  Os investigadores afirmam que o dinheiro foi pago pelo grupo Schahin, Odebrecht e OAS em troca de favorecimento em contratos com a Petrobras.  Segundo a denúncia apresentada no início da noite de segunda-feira (22 de maio), a Odebrecht pagou R$ 700 mil e a OAS R$ 170 mil pelas obras em Atibaia, o que incluiu reformas na cozinha e na piscina, a construção de suítes e de alojamento para os seguranças. E a Schahin arcou com R$ 150 mil em reformas estruturais e de acabamento.  O sítio está em nome dos empresários Jonas Suassuna e Francisco Bittar, sócios de Fábio Luiz, um dos filhos de Lula. Apesar de os procuradores afirmarem que a real propriedade não é objeto da ação, eles declaram que o ex-presidente é o verdadeiro dono. Para apresentar a denúncia, os procuradores se basearam em documentos apreendidos e dados bancários e fiscais, além de depoimentos de delatores da Odebrecht, como Marcelo Odebrecht, e do ex-presidente da OAS Léo Pinheiro. Os procuradores também anexaram vários e-mails sobre questões do sítio endereçados para o Instituto Lula, e notas fiscais em nome da ex-primeira-dama dona Marisa Letícia.  Além de Lula, Marcelo Odebrecht e Léo Pinheiro, outras dez pessoas foram denunciadas nesta segunda. Se o juiz Sérgio Moro aceitar a denúncia, será a sexta ação contra o ex-presidente Lula - a terceira em Curitiba. Ele já responde pelo caso do triplex do Guarujá e pela compra de um terreno e um apartamento em São Paulo. Lula sempre negou e diz que a denúncia é absurda.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário