sexta-feira, 19 de maio de 2017

POLÊMICA - Cohapar conseguiu ordem de despejo em Jardim Alegre

             POLÊMICA - JARDIM ALEGRE         
Famílias que estão acampadas em um terreno da COHAPAR, em Jardim Alegre, foram notificados de ordem de reintegração de posse em favor da Companhia de Habitação 
ENTREVISTA - No link de vídeo, ouça entrevista com um dos líderes do grupo de acampados em terrenos públicos de Jardim Alegre
Nesta sexta-feira, dia 19 de maio, de 2017, falou ao vivo com a Rádio Nova Era, o  conhecido "Catarino", que é um servidor público aposentado. Ele deu a notícia da ordem de reintegração de posse  contra famílias que estão acampadas em um terreno da COHAPAR em Jardim Alegre. Segundo ele, o acampamento completo, conta com aproximadamente 60 famílias, mas o problema, de momento, é com sete delas que estão em uma parte do terreno que foi doada para a Companhia de Habitação do Paraná, a qual entrou com o pedido de despejo, alegando que tem um projeto habitacional para ser construído no local.  "A COHAPAR foi incoerente, porque depois de 08 anos, como dona do terreno, não fez nada, e agora aparece com esta ação na Justiça para jogar na rua,  sete famílias, entre elas, pessoas deficientes, idosas e grávidas, que são muito pobres e não tem onde morar. Não estou criticando ninguém e nem vamos desobedecer a ordem, mas estou pedindo apenas um tempo maior para que possamos encontrar um local onde estas famílias possam ficar", disse Catarino.   O entrevistado falou da boa vontade do prefeito José Roberto Furlan e do Presidente da Câmara, que já fizeram reuniões para encontrar uma saída. No link de vídeo, mais detalhes. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário