segunda-feira, 22 de maio de 2017

POLÊMICA - Mais moradores de Cândido de Abreu reclamando

Após nosso reportagem veicular vídeo de uma moradora da Barra Grande reclamando das estradas, moradores do "Areiãozinho" também enviaram vídeo dizendo que há 13 anos esperam um ponte. Veja o vídeo 
       Após nosso reportagem veicular vídeo de uma moradora da Barra Grande reclamando das estradas, moradores do "Areiãozinho" também enviaram vídeo dizendo que há 13 anos esperam um ponte. Além assistir o vídeo,  para entender a luta dos moradores para atravessar o Rio,  também recebemos uma nota que familiares enviaram com explicações. Leia: "Sou moradora do "Areiãozinho"; estamos abandonados, sem ponte há 13 anos, sem saber o que é ponte aqui. O prefeito Junior, na época de campanha, esteve aqui pedindo nosso voto e prometeu que, se fosse eleito, iria fazer a nossa ponte, mas depois da eleição, apesar de vencer, nunca mais voltou. Nossa vida é assim, quando chove, ficamos trancados para cá do rio, pois nosso acesso é uma pinguela (ponte improvisada com tora) por cima da água. Neste dia 22 de maio, de 2017, completamos quatro dia sem conseguir atravessar. Peço para por no blog o vídeo que aparecemos colocando a tora dentro do rio; tem também outro em que eu atravesso o meu filho nas costas; é lamentável", disse a moradora Eliane Rosa de Arruda Matias, que reside no Bairro.

5 comentários:

  1. aqui em candido ta joia a adiministração do prefeito o berimbau deve ganhar alguma coisa de outro lado pra gostar de meter o pau no prefito so pode porque das coisas boa ele não mostra tem um monte de rua asfaltada calçamento pra ele mostrar porque tambem não mostra

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vc provavelmente tem algum cargo comissionado na prefeitura, ou é cego, vendo as imagens e a situação dos moradores que estão sofrendo com a má administração ainda vem querer enganar quem vê as notícias com esse papo furado, município abandonado.

      Excluir
  2. So que rua asfaltada na cidade não interessa pro povo do sítio

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir