segunda-feira, 29 de maio de 2017

QUADRILHA PRESA

Imagens e detalhes da quadrilha que assaltava propriedades rurais na região de Apucarana, Maringá, Londrina e outras regiões
       O Décimo Batalhão informou  que houve a prisão de um quadrilha, após operação em Apucarana e Maringá, que praticava roubos na região.  Em Novo Itacolomi, também houve uma prisão. Entre dos detidos estão:  Cirineu Aparecido Sothe, Anderson Lazone (Dandan), Guilherme Henrique Cavalcanti, Robson Nascimento, Alessandro Aparecido de Resende (Sandrinho), e Renato da Silva Lage. Segundo a PM,  a ação tinha o  objetivo de prender e retirar de circulação integrantes de uma quadrilha especializada em roubos a empresas, residências e propriedades rurais paranaenses.  A mencionada quadrilha, segundo as investigações, teria roubado: tratores, carros, joias, defensivos agrícolas, entre outros. Os marginais tinham por característica principal a violência com a qual praticavam o crime, amarrando as vítimas e seus familiares, ameaçando-os e trancando-os nas dependências dos estabelecimentos e das residências.  Parte da quadrilha foi presa em data de 26 de abril de 2017, após cometer um roubo na cidade de Ibaiti,  onde subtraíram de um casa, o equivalente a mais de 1 milhão de reais em cheques e joias.  Seis foram presos em Apucarana, três (3) em Ibaiti, e o receptador em Londrina, totalizando dez prisões. Em continuidade, policiais de Campo Mourão, auxiliando o Ministério Público, conseguiram identificar 13 integrantes desta quadrilha, dois quais, cinco já haviam sido presos por envolvimento com o roubo citado, iniciando-se a ação integrada entre policiais militares de Campo Mourão, Apucarana e Maringá que, nesta data, deram cumprimento aos mandados de prisão e de busca e apreensão domiciliar.   Na ação de 26 de maio, foram cumpridos 13 mandados de busca e apreensão, e de prisão, em residências de Maringá, Novo Itacolomi e Apucarana, resultando em 12 prisões, 1 menor apreendido, e apreensão de: 2 revolveres cal.38, 2 espingardas, cano de espingarda de fabricação caseira, 2 lunetas de arma longa, aproximadamente R$26.000,00 (vinte e seis mil reais) em espécie e cheques, 8 Celulares, recipiente com inúmeros chips de celular, diversas munições de variados calibres, 2 balanças de precisão, 4 HT´s, faca, mais de 330 litros entre defensivos agrícolas e agrotóxicos, balaclava, um veículo pegeout/boxer, 1 notebook, aproximadamente 150 gramas de substância entorpecente, e variadas ferramentas como: motosserras, esmerilhadeiras, roçadeiras, entre outras. Os autores, bem como os objetos apreendidos, foram encaminhados à Delegacia de Polícia da cidade de Campo Mourão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário