terça-feira, 20 de junho de 2017

SUSPENSO - CAIXA

Caixa suspende crédito imobiliário com recursos do FGTS, o mais baixo, depois do Minha Casa Minha Vida
A Caixa Econômica Federal voltou a suspender uma das linhas de crédito imobiliário mais baratas do país.   Os juros mais baixos do mercado,  depois do programa Minha Casa Minha Vida, que é o FGTS Vida, mas a Caixa Econômica Federal decidiu fechar temporariamente esse tipo de financiamento. A alegação é que todos os recursos do Fundo de Garantia liberados para esta linha de crédito em 2017 já foram emprestados. Eram R$ 6 bilhões. E não é a primeira vez que isso acontece em 2017. Em abril, a Caixa já tinha interrompido as operações, que só voltaram com dinheiro que veio do Ministério das Cidades.  Nessa linha de crédito, os juros variam de 7,85% a 8,85 % ao ano. Só podem recorrer ao financiamento com essas taxas os trabalhadores com três anos de vínculo com o FGTS. Os imóveis não podem passar de R$ 950 mil em São Paulo, Minas Gerais, no Rio de Janeiro e Distrito Federal. Nos outros estados, o valor máximo é de R$ 800 mil. Marcelo já tinha escolhido o apartamento, separado os documentos, mas descobriu no banco que não podia mais contar com o crédito.

Nenhum comentário:

Postar um comentário