terça-feira, 25 de julho de 2017

ARIRANHA - Acusada de agredir mulher pediu direito de resposta

                    MAIS DETALHES                    
A Jovem Ariane Vieira Furquim, que foi acusada de agredir Vânia Mazuco, em Ariranha do Ivaí, pediu direito de resposta e disse que é vítima e não agressora
As fotos são de Vânia Mazzuco 
Nossa reportagem noticiou, no dia 24 de julho, um fato ocorrido em Ariranha do Ivaí. Trata-se de uma confusão que foi parar no Facebook, no dia 22 de julho, de 2017, sábado. O endereço foi um sítio que fica no Bairro da Barraquinha. A jovem de nome Vânia Mazzuco, disse que foi agredida por Ariane Vieira Furquim. Contou também que agressora é atual namorada do seu ex-namorado, com quem tem uma filha de 06 anos, e que ele (o ex) foi a casa, apenas visitar a menina, mas a propriedade foi invadido pela Ariane, com a qual entrou em luta corporal. A situação ganhou repercussão porque Vânia postou fotos no Facebook e fez um relato acusando Ariane de agressão.  DIREITO DE RESPOSTA - Ariane, indignada com a notícia, que repercutiu nas redes sociais e no Blog do Berimbau, enviou uma nota para a nossa reportagem dizendo que jamais se envolveu em confusão e que, na verdade, ela é vítima e não agressora. Veja a nota na íntegra: "Boa noite! Berimbau sou Ariane Furquim Vieira, motivo do meu contato e para explicar a real versão do fato ocorrido no sábado dia 22/07/17, no qual estou sendo indevidamente acusada pela pessoa de Vânia de Abreu Mazzuco. O que ocorreu e que meu esposo foi fazer visita a filha dele, como ele estava com braço dolorido, eu precisei levá-lo de moto, lá chegando, deixei ele próximo a porteira e me retirei do local. Enquanto isso, fiquei o aguardando a mais de 500 metros da propriedade, mas de repente surgiu Vânia, já descontrolada me proferindo xingamentos, me acusando de atrapalhar a vida dela e muitas outras coisas que vocês devem imaginar. Eu simplesmente pedi para ela não partir para agressão física, mas num ato de total descontrole, ela veio pra cima de mim e tive que me defender. No momento, passavam duas pessoas que intervieram, graças a Deus. Então peço para as pessoas que não me conhecem e, ao verem a versão dela, estão me crucificando, fazendo comentários horríveis, alguns até de incitação a violência, que pensem e analisem a minha situação, pois só assim perceberão que a vítima sou eu. Sou uma pessoa íntegra, nunca tive confusão com ninguém e quem me conhece sabe como sou. Fica aqui meu relato, e espero que a justiça seja feita", diz Ariane.

Nenhum comentário:

Postar um comentário