terça-feira, 4 de julho de 2017

BRUTAL - Homem acusado de matar a esposa e incendiar a casa

    IRETAMA: O crime aconteceu na divisa de Iretama com Luiziana e acredita-se que o marido seja o autor do assassinato, o qual pode ter cometido suicídio
As Polícias de Iretama e Luiziana estão investigando um crime brutal, onde o marido é acusado de matar a esposa, Neusa de Oliveira Leite, 40 anos, e em seguida colocar fogo na casa. Antes de fugir, suspeita-se que o assassino tenha deixado a arma e um recado com o seguinte dizer: “Tudo acabou, estou morto”. O crime bárbaro, aconteceu na comunidade Ponte Branca, próximo a Água de Jurema, na divisa dos dois municípios. Alguns jornais da região repercutiram a notícia, como por exemplo, o Tribuna do Interior, que divulgou a seguinte redação: O crime ocorreu em um imóvel fica localizado às margens da BR-487 e pode ter sido praticado na noite de domingo, mas descoberto na manhã desta segunda-feira (3 de julho). De acordo com o cabo da Polícia Militar (PM) do Destacamento de Iretama, Otoniel Coelho Neves, a suspeita é que o homem tenha tirado a própria vida após matar a esposa, mas o corpo não foi encontrado até o momento. Policiais fizeram buscas nos destroços da residência e próximo à localidade, mas nada encontram. A polícia acredita que a motivação para o crime seja passional. Segundo a Polícia Militar, o corpo da mulher estava caído a cerca de 100 metros da residência, com uma perfuração na face, possivelmente ferimento de arma de fogo. “Fizemos diligência na fazenda para localizar o possível corpo, mas não encontramos nada”, ressaltou o cabo Segundo Coelho, como o carro da família foi queimado no incêndio, acredita-se que o homem tenha saído a pé com a intenção de cometer suicídio. Ainda segundo informações repassadas pelo Cabo Coelho, o incêndio a residência possivelmente ocorreu durante a noite de domingo, mas só foi descoberto na manhã desta segunda-feira (3) após uma das filhas do casal perceber a casa queimada e avisar os demais familiares que acionaram a PM. Uma equipe da Polícia Militar de Luiziana também auxiliou na ocorrência. O corpo de Neusa foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Campo Mourão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário