terça-feira, 18 de julho de 2017

COMOÇÃO - Jovem de Jardim Alegre morreu na Capital do Estado

Andreia Moraes, de 33 anos, estava residindo em Curitiba, e faleceu acometida por câncer. O corpo foi transladado para o Vale do Ivaí  
       Na manhã desta terça-feira, 18 de julho, já estava sendo velado no salão da Igreja Assembleia de Deus, de Jardim Alegre, o corpo da jovem  Andreia Moraes, de 33 anos, que era muito conhecida da comunidade, tem familiares no município, mas ultimamente estava morando na Capital do Estado. Segundo parentes, Andreia, foi vítima de um câncer e acometida também por uma pneumonia, não resistiu e entrou em óbito em Curitiba, deixando Jardim Alegre enlutada.  A família decidiu pelo sepultamento na tarde de terça-feira, dia 18 de julho.  Ela era irmã  do   Orlando Moraes,  dono da Relojoaria Technos, mas deixa também outros irmãos e familiares.  O translado da capital, foi feito por uma funerária de Curitiba; em Jardim Alegre, a Funerária São Pedro, ficou responsável por dar assistência durante o velório e sepultamento.   (Colaboração - Márcia da Funerária São Pedro e Juliano Barbosa) 


Nenhum comentário:

Postar um comentário