segunda-feira, 17 de julho de 2017

EXCLUSIVO - Vítima de assalto, em Cruzmaltina, agradece a Deus

O conhecido "Moacir Persinato", contou detalhes de como o assalto aconteceu. Ele também agradeceu a Deus e a "Nossa Senhora", por estar vivo 
       No link de vídeo, ouça uma entrevista exclusiva, com o agropecuarista Malcir de Jesus Gomes, mais conhecido como "Moacir Persinato" de Cruzmaltina. Ele falou com o repórter Ronaldo Senes, o "Berimbau", aproveitando a grande audiência da Rádio Nova Era de do "Blog do Berimbau", para agradecer aos tantos e tantos amigos que ajudaram a o procurar e também os colocaram em suas orações, quando o mesmo foi vítima de um assalto. Como noticiamos, na tarde de sexta-feira, dia 07 de julho, ele saiu de casa com uma camioneta Ford Ranger, cor cinza, ano 2016/2017, com destino as cidades de Faxinal e Grandes Rios. A última vez que Moacir foi visto, ele estava com a caminhoneta em Faxinal. Por volta das 16 horas, de sexta, após o sumiço, a família começou a fazer contato telefônico, mas o celular estava na caixa de mensagens. Somente no sábado, à tarde, Moacir foi encontrado fora de si, em uma mata de Pinheiros, nas margens da rodovia, entre Faxinal e Mauá da Serra (clique aqui para rever matéria). Na entrevista, ele disse que sua salvação foi por Deus, e que será eternamento grato aos amigos. Ele também contou como foi o assalto. "Eu estava em Faxinal, dentro da caminhoneta, organizando alguns documentos, quando chegaram pessoas dos dois lados do veículo, entre eles, uma mulher. Eles pediram que eu abrisse a porta do veículo e logo jogaram um spray que me deixou quase sem visão. Em seguida fui dominado, obrigado a dirigir, e ainda me fizeram beber uma garrafa de água, onde estava a suposta droga ou sonífero", disse Moacir. Para saber mais, ouça no link de vídeo. Pelo Facebook, a esposa de Moacir, secretária municipal de educação, de Cruzmaltina, a Maria Ordália Gomes, divulgou a seguinte nota: "Agradecemos a todos os amigos que sofreram junto com a gente, com a nossa família, tantas horas de angústia. Deus os abençoe pelas preces e pelo carinho. Foi realmente Salvo pelas mãos de DEUS e de NOSSA SENHORA. Pelo milagre da fé e da corrente de oração selada através da legião de amigos. Não houve distinção de religião e nem credo, o que houve foi a UNIÃO em função da VIDA. Meu marido passou horrores nas mãos de bandidos, mas a proteção divina é gloriosa não permitindo que ceifassem a vida dele. Estamos felizes por mais esta VITÓRIA. Obrigado amigos DEUS os abençoe imensamente!!!!!", diz a nota. Para saber mais, ouça a matéria no link de vídeo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário