quarta-feira, 12 de julho de 2017

IVAIPORÃ - PROJETO

Projeto "De Caso com a Palavra" é realizado em Ivaiporã pela escritora Cléo Busatto
A escritora Cléo Busatto apresenta o projeto De Caso com a Palavra, em Ivaiporã, com apoio da Copel, Secretaria de Estado da Cultura e da Prefeitura de Ivaiporã, por meio do Departamento Municipal de Cultura, O projeto, criado pela escritora Cléo Busatto, é voltado aos mediadores de leitura, bibliotecários das bibliotecas da rede pública e escolares, professores de Língua Portuguesa, Literatura e integrantes da comunidade interessados na área. Além disso, integra as metas do Plano Estadual do Livro Leitura e Literatura (PELLL). De Caso com a Palavra, realizado na Acisi (Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Ivaiporã), iniciou na segunda-feira, dia 11 de julho, e encerra na quarta-feira, dia 13. O projeto inclui a Oficina de Formação de Mediadores de Leitura Literária: promoção e formação do mediador; e o Fórum sobre Leitura e Literatura com o tema: Os Efeitos e Afetos da Literatura na Nossa Vida. Segundo Cléo Busatto, o público alvo faz ponte entre o livro e o leitor. Este ano, o projeto iniciou em Paranavaí, passando por Prudentópolis, Palmas, Lapa, Castro, Guaratuba, Telêmaco Borba, Santo Antônio da Platina, Campo Mourão, Cambé, Paiçandu e Ivaiporã. E, em agosto, a escritora realizará o projeto em Quedas do Iguaçu e Ubiratã. “As cidades foram selecionadas pela Secretaria de Estado da Cultura, que conta com apoio da Biblioteca Pública do Estado do Paraná. Em 2012, quando realizei a 1ª oficina de formação de mediadores de leitura, também estive em Ivaiporã”, contou a escritora, explicando que as ações contaram com inscritas dos municípios da região. Cléo Busatto lamentou o baixo índice de leitura dos brasileiros, bem como a falta de conhecimento acerca do verdadeiro significado da leitura – especialmente da leitura literária. “Os reflexos da falta de leitura são visíveis no Brasil. Se tivéssemos investido na leitura de forma efetiva, há 20 anos, certamente o país não estava nesta situação”, opinou a escritora. Ana Sebold, que é coordenadora do Sesi – Indústria do Conhecimento de Ivaiporã, garantiu que Cléo Busatto passou muitos conhecimentos, os quais serão repassados por meio de ações a serem desenvolvidas em Ivaiporã. “Na Indústria do Conhecimento disponibilizamos acervo bibliotecário e o laboratório multimídia. Além disso, temos que cumprir ações para cumprir durante o ano com crianças, jovens e adultos”, explicou. A coordenadora pedagógica municipal, Terezinha Sidor, que representa o Centro Estadual de Educação Profissional – curso de Formação de Docentes, em Manoel Ribas, considerou o projeto De Caso com a Palavra muito interessante. “Enquanto mediadora me aperfeiçoo e repasso o que aprendi aos alunos do curso de Formação de Docentes”, disse Terezinha Sidor. “A oficina superou as minhas expectativas, porque os conhecimentos repassados pela escritora Cléo Busatto são bastante enriquecedores. A escritora Cléo Busatto é uma entusiasta e tem encantado todas nós participantes. Durante o curso, a escritora conta histórias, que nos envolvem”, declarou a diretora do Departamento Municipal de Cultura, Amanda Rafael, observando que Cléo Busatto faz as participantes pensar sobre a importância de um mediador de leitura. O projeto De Caso com a Palavra continuará, nesta quarta-feira, dia 13, no 3º andar da Acisi. (Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Ivaiporã/Lúcia Lima)

Nenhum comentário:

Postar um comentário