terça-feira, 25 de julho de 2017

KALORÉ - Denúncia de estupro foi parar na Delegacia de Jandaia

A foto é do Portal Jandaia Online 
Familiares do acusado disseram que a menina desmentiu o fato e o rapaz foi inocentado. Ele acusa o pai da adolescente de o agredir 
       No dia 24 de julho, segunda-feira, o Blog do Berimbau noticiou que a equipe do Soldado Rosa, que comanda o Destacamento de Kaloré, havia levado para Jandaia do Sul pessoas envolvidas em uma ocorrência registrada, inicialmente, como estupro.  Uma moça de 14 anos, conheceu um moço de 18 pelo Facebook e ambos teriam namorado. O pai tomou conhecimento do fato em uma versão que apontava que a filha tinha sido estuprada. Furioso,  com ajuda de uma outra pessoa, foi em busca do suspeito e o agrediu usando um facão, mas não usou a lâmina e sim a lateral da arma branca para promover várias luxações nas constas do rapaz.  Após horas, na Delegacia de Jandaia do Sul, familiares do suspeito, entraram em contato com a nossa reportagem para dizer que a adolescente havia voltado atrás, em relação ao que contou para seu pai, e confirmado que o jovem não a obrigou a fazer nada.  Diante dos fatos, todos foram liberados da Delegacia, até que o fato seja melhor investigado. Vale ressalta que quando a menor tem mais de 14 anos, não é considerado estupro, uma relação sexual, desde que ela diga que o ato sexual foi praticado com o seu consentimento. Ainda no dia 24 horas, o jovem entrou com um processo de lesões corporais contra o pai da menor.  A foto foi publicada pelo portal Jandaia Online. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário