sexta-feira, 14 de julho de 2017

POLICIAL - Furto de Makita,violência doméstica e outros crimes

Pedreiro flagra indivíduo que furtou makita.  Na estrada do bairro rural Cambuta, homem é detido acusado de agredir a esposa. Ameça na Vila Roma e briga de alunos  na Avenida Rio Grande do Sul
   FURTO - Um jovem das inciais W. T., de Borrazópolis, está sendo acusado de furto de ferramentas de pedreiro. Segundo informações, o construtor, senhor José Tardin, teve uma Makita furtada de uma casa que está fazendo na Rua Boa Esperança, no dia 13 de julho. Mais tarde, ele ficou sabendo que um rapaz conhecido, estava vendendo a Makita em uma outra obra. Ele foi até o local, recuperou a Makita, mas o acusado fugiu. Buscas foram feitas, e o rapaz não foi encontrado. Um inquérito policial vai investigar o caso. AGRESSÃO - Uma denúncia levou a Polícia Militar até a Estrada do Cambuta, onde uma mulher estaria sendo vítima de agressão. Ao chegar no local, às 23:30 horas, de 13 de julho, quinta-feira, ela confirmou que seu marido chegou em casa embriagado a agrediu com puxões de cabelo e ainda ameaçou, caso avisasse a Polícia. O acusado é Marcos Antônio Jarenco, de 32 anos, o qual foi localizado no sítio de seus pais. Ele foi detido e levado para a Delegacia de Faxinal, negando a prática do crime. OUTRAS OCORRÊNCIAS -  Na Rua  Amanndus Alvino Henning, na Vila Roma, uma mulher chamou a Pm porque pessoas estavam ameaçando o namorado de sua filha, que tem 19 anos.  Ninguém foi preso.  Houve ainda agressão contra uma estudante de 10 anos. A Mãe disse que ela voltava da escola, às 18 horas, de 13 de julho, quando se envolveu em uma briga com outra aluna. Como se trata de menores, nomes e mais detalhes, não foram divulgados.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário