terça-feira, 8 de agosto de 2017

AMBIENTAL - Duas situações de pesca predatória em São João do Ivaí


No primeiro flagrante, um suposto pescador foi detido com materiais predatórios e peixe pescado

As duas situações de crime ambiental,   foram registradas no dia 08 de agosto, de 2017, pela Polícia Militar Ambiental, Posto de Apucarana. A primeira foi uma denúncia anônima que levou os guardiões da natureza até uma ilha localizada no Rio Ivaí, região conhecida como  “Prainha”. Foi  localizado um pescador com  material de captura predatória,  certa quantidade de peixes,  além de materiais de caça de animais silvestres.  O  homem foi conduzido  até a Delegacia  de São João do Ivaí para as providências cabíveis. Ao total forma apreendidos: 260 metros de redes malhas diversas; 05 tarrafas; 160 metros de espinhel; 05 galões com anzóis; 02 panos de redes com 50 metros em confecção; 07 laços para armadilha para  captura de animais; 06 varas com molinetes; 02 estilingues; 01 motor rabeta e 01 kg de peixe cascudo. 
No segundo flagrante, o acusado conseguiu fugir, mas deixou para trás os materiais que utilizava na pesca
Também no dia 08 de agosto, na mesma “Prainha”, os Policiais Militares Ambientais, receberam uma segunda denúncia anônima de pesca predatória. No momento em que a equipe realizava  vistoria na referida ilha, em um determinado momento uma pessoa que estava em um dos barracos existentes no local, saiu correndo abandonado alguns materiais. A equipe realizou buscas, porém sem êxito em localizar o inimigo da natureza. Foi  realizada a apreensão do material e encaminhado até a Delegacia  de São João do Ivaí. Ao todo, foram apreendidos:  01 rede de pesca malha 804 tarrafas; 03 varas de pesca com molinetes; 01 armadilha para   captura de aves (alçapão)01 motor rabeta e 01 kg de peixe cascudo. Algumas informações foram colhidas no local para tentar identificar o homem que fugiu

Nenhum comentário:

Postar um comentário