terça-feira, 8 de agosto de 2017

BORRAZÓPOLIS - Homem diz que matou amigo em briga banal

        EXCLUSIVO- ASSASSINO CONFESSO        
Preso em Faxinal,  homem que matou jovem em Borrazópolis, disse que a confusão começou por causa de 50 centavos
ENTREVISTA - No link de vídeo, ouça entrevista especial com o Delegado Dr. Antônio Sílvio Cardoso, falando sobre a motivação do crime
Enivaldo da Silva, de 35 anos, prestou depoimento neste dia 08 de agosto, de 2017, em Faxinal. Ele foi preso pela equipe do Sargento Gilmar Soares, na Rua Mato Grosso, em Borrazópolis, escondido na casa de seu pai, um idoso conhecido como "Vicente Guarda". Ele deveria ter sido ouvido no dia 07 de agosto, mais como estava com sintomas de embriaguez, o seu depoimento foi colhido no dia seguinte. Indagado, contou detalhes. "Ele disse que estava bebendo, quando o rapaz pediu dinheiro para comprar mais pinga. Respondeu que estava com apenas 50 centavos, momento em que Mirinho teria afirmado que aquilo não era quantia em dinheiro de homem andar e o agrediu com um tapa no rosto. Bravo, foi em sua casa, que fica a 200 metros, armou-se com uma faca grande e voltou no local, pegando o rapaz de surpresa", afirmou o Delegado Dr. Sílvio sobre o depoimento do homicida. Para mantar o jovem, o pegou de surpresa, acertando o primeiro golpe no tórax, e assim que ele caiu, aplicou mais duas facadas na costas. Vale ressaltar que esta é a versão do agressor. Familiares, por exemplo, acreditam que a história do tapa no rosto, ele possa estar inventando para tentar justificar o crime. Para a Polícia Civil, mesmo que a agressão no rosto tenha ocorrido, o crime brutal não se justifica e, por isso, estava o autuado por homicídio duplamente qualificado. Ouça entrevista com o delegado, no link de vídeo. SOBRE O CRIME Conforme noticiamos, o jovem de nome Vagner Luizetto, de 30 anos, foi morto golpes de faca. O crime ocorreu por volta das 13 horas, de 07 de agosto, na Avenida Brasil, mais precisamente no "Calçadão", esquina com a Rua Mato Grosso, próximo a Tapeçaria do Xiru" e o "Bar do Julinho". Segundo informações, Vagner, conhecido como "Mirinho", estava ingerido bebida alcoólica com o acusado, de nome Enivaldo, o popular "Nivaldinho" ou "Polaquinho", quando houve o desentendimento. O agressor saiu e voltou, pouco depois,  com uma faca e aplicou um golpe no tórax da vítima,  e, em seguida, subiu nas costas do rapaz e o feriu com mais duas facadas. No hospital municipal, o Diretor da unidade, Dr. Vagner Tavares, informou que foi verificada uma perfuração que transfixou o corpo, atravessando o coração. . OUTROS DETALHES - O jovem assassinado, já tinha sido notícia no Blog do Berimbau, em 2015, quando foi vítima de um acidente. Clique aqui para rever. SEPULTAMENTO - A família decidiu pelo velório na Capela Mortuária e Sepultamento às 13 horas, de terça-feira, 08 de agosto, de 2017. ATENÇÃO - No link abaixo, tem uma outra entrevista com o investigador Fernando Serpa, concedida assim que o homicida foi preso.



Nenhum comentário:

Postar um comentário