quinta-feira, 3 de agosto de 2017

FAXINAL - Agressão, porte de arma de muita confusão em Faxinal

Homem foi agredido ao chamar atenção de jovens que desligavam lampadas da iluminação pública. Na sequência o filho e um sobrinho das vítima, foram detidos com quatro armas  
No dia 02 de agosto, de 2017, a Polícia Militar foi acionada para atender um caso de agressão na Rua Santos Dumont. Um cidadão de 55 anos, alegou que foi agredido por pessoas conhecidas como "Maquita" e "Léo", não sabendo informar os nomes corretos, mas que eles são moradores do mesmo Bairro que a vítima, sendo que o motivo, seria porque o pai de família havia repreendido os autores para não desligar as luzes da iluminação pública. O homem tinha ferimentos na região da nuca e nos braços e precisou ser levado para o Hospital. Ao fazer diligências, na busca pelos agressores, a Polícia Militar acabou detendo um filho da vítima e um sobrinho, de 22 e 25 anos, de nomes: Reginaldo da Paixão Souza, e Agnaldo da Paixão da Cruz. Eles foram acusados de porte ilegal de arma de fogo, os quais estavam com quatro armas e munições. Houve denúncia que os mesmos saíram a procura dos rapazes que promoveram a agressão, para um acerto de contas. Os jovens negaram. Em nota, a PM informou que fazia patrulhamento pelos Bairros Vila Nova e Vila Velha, quando foi feita uma denuncia anônima que indivíduos estavam andando armados em um gol bola com placas IGR-4953 de cor prata. O carro foi abordado, sendo que o condutor Reginaldo, não tinha nada de ilícito, porem na busca feita no passageiro, foi encontrada uma Garrucha dois canos calibre .22, municiado com duas munições intactas que estava em seu tornozelo. Dentro do carro havia um revólver calibre .22 e em baixo do banco do passageiro, um revólver 38 carregado com 4 munições deflagradas. Na delegacia, ainda foi feita mais uma buscas no carro, e localizado embaixo do tapete, um invólucro plástico contendo 6 gramas de maconha e embaixo do banco traseiro, mais um revólver calibre .38. Tudo ficou apreendido. 
OUTRO CASO - Disparo de arma de fogo em Faxinal 
Ainda em Faxinal, no dia 02 de agosto, às 18 horas, uma moradora da Projetada I, na Vila Nova, contou que estava em sua residência quando uma Ford/F1000 de cor vermelha e carroceria de madeira, parou em frente e o ocupante efetuou três disparos de arma de fogo que acertaram a janela. A PM constatou as marcas na parede e efetuou patrulhamento com intuito de localizar a referida caminhonete, o que não ocorreu. O caso é investigado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário