sexta-feira, 4 de agosto de 2017

FAXINAL - Assaltante agiram em Faxinal e foram presos em Tamarana

Os ladrões Renato Alves e Tiago Oliveira, roubaram um carro em Faxinal, mas foram presos em Tamarana  após capotamento do veículo 
   A ocorrência começou a ser registrada na noite de quinta-feira, dia 03 de agosto, de 2017, em Faxinal e terminou com a prisão de dois suspeitos em Tamarana. A Polícia Militar informou que às 21 horas, na Rua Rua 31 de Março, uma mulher de 45 anos, contou que estava em sua lanchonete, localizada na frente de sua residência, quando chegaram dois indivíduos pedindo água. A comerciante entregou a água solicitada, e minutos depois eles exibiram armas de fogo e deram voz de assalto, perguntando de quem era o veículo estacionado na frente da lanchonete. Também entraram na residência e subtraíram a chave do carro, um Fox na cor vermelha e fugiram levando um celular da marca Samsung, modelo J-1, na cor preta. Os soldados de plantão foram informados que os meliantes pegaram a Rodovia PR 272, sentido Londrina. Buscas foram feitas, até que o carro roubado foi visualizado trafegando a frente de Mauá da Serra. Foi feito o acompanhamento tático, mas a viatura de Faxinal apresentou problemas mecânicos e teve que reduzir a velocidade, perdendo os meliantes de vista. Como o Destacamento de Tamarana, já havia sido avisado, os Policiais daquela cidade, montaram o cerco e logo perceberam o carro em alta velocidade entrando sentido centro de Tamarana, sendo que na Rua Isaltino José Silvestre, o ladrão que o dirigia, perdeu o controle e capotou. Foram presos dois acusados: Renato Alves, de 30 anos, e Tiago Oliveira, de 25 anos, e apreendidos: um revólver.32 e o celular roubado em Faxinal.  OUTRO ASSALTO - Eles também acusados de uma segunda ação criminosa, registrada como tentativa de assalto, na  Rua Eurides Cavalheiro de Meira,  também na noite de quinta-feira, dia 03 de agosto, em Faxinal. Um cidadão de 57 anos, informou que  os dois indivíduos estavam portando arma de fogo e chegaram no quintal de sua casa, mas ao perceber,  fechou a porta, momento que escutou um tiro, cuja bala ficou alojada na referida bola. Após a prisão em Tamarana, Renato e Tiago, também foram reconhecidos como autores desta ação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário