terça-feira, 5 de setembro de 2017

CORRUPÇÃO - Malas com 33 milhões encontradas em Apartamento

Terminou no final da noite desta terça-feira (5 de setembro) a contagem do dinheiro encontrado de manhã, pela Polícia Federal (PF), num apartamento em área nobre de Salvador, imóvel que seria usado pelo ex-ministro Geddel Vieira Lima. O valor total do dinheiro é de pouco mais de R$ 51 milhões (R$ 51.030.866,40) - uma parte em dólares. A PF usou sete máquinas e levou o dia inteiro para finalizar a contagem. A PF informou que a quantia localizada representa a maior apreensão de dinheiro vivo já feita pelo órgão. Coomo divulgados, o dinheiro foi encontrado na manhã de (5 de setembro), durante a Operação Tesouro Perdido – 3ª fase da Operação Cui Bono – em um apartamento no bairro da Graça, área nobre da capital baiana. Segundo a Justiça Federal, o local era utilizado por Geddel para armazenar dinheiro obtido em crimes relacionados à manipulação de créditos e recursos na Caixa Econômica Federal. Oficialmente, o imóvel pertence a Silvio Silveira, que o teria emprestado a Geddel para guardar, supostamente, pertences do pai do ex-ministro, morto em janeiro do ano passado. Geddel Vieira Lima cumpre, atualmente, prisão domiciliar no apartamento da família na Barra, outro bairro nobre de Salvador. Como o estado da Bahia não dispõe de tornozeleira eletrônica, o ex-ministro cumpre a pena sem o equipamento de monitoramento. A Secretaria de Administração Penitenciária da Bahia informou à Agência Brasil que o contrato com a empresa fornecedora das tornozeleiras prevê a entrega do equipamento até o próximo dia 20. (Avenida Brasil e G1)

Um comentário:

  1. O BRASIL TA PASSANDO POR TODA ESSA CRIZE I TAI O NOSSO DINHEIRO Q ESSE S PORCO FILHOS PUTA,TAO ROUBANDO DO POVO BRASILEIRO , PRA ELES NAO TEM LEI SAO DESCOBERTO MAIS NADA ACONTEÇE CONTINUAN ROUBANDO, ENQUANTO AQUI PRA NOIS NA REAL SE NOS NAO PAGARMOS IMPOSTO PERDEMOS NOSSOS BENS, E PRA ELES NADA ACONTEÇE, TINHA Q ESPLODIR AQUELA CASA COM TODOS ESSES POLITICO CORUPTOS QUE TAO AFUNDANDO O BRASIL.

    ResponderExcluir