domingo, 10 de setembro de 2017

IVAIPORÃ - Furto de gado, assalto e muitas ocorrências

No Bairro Sabugueiro, ladrões levaram três novilhas. A PM ainda registrou: Arrombamento no CRAS; roubo na Vila João XXIII, violência familiar e desacato 
    No sábado, dia 09 de setembro, o morador do Sítio Cachoeira, localizado no Bairro Rural do Sabugueiro notou a falta de três novilhas fêmeas, raça mista entre Jersey e Holandês de sua propriedade e todas possuem brincos identificados com números 1, 2 e 3. Também notou que a cerca elétrica  estava arrebentada. Ele procurou a 6ª CIPM - Companhia Independente da Polícia Militar para registrar o boletim, e inclusive detalhou como era cada animal, sendo uma novilha mista Jersey com Holandês identificada com brinco número 1, na cor cinza, mancha branca, gorda e com 7 meses idade. A segunda é uma novilha mista, Jersey com holandês identificada com brinco número 2, na cor marrom, magra e com 7 meses de idade. A última, trata-se de uma novilha mista, Jersey com holandês, identificada com brinco número 3, na cor vermelha, magra e também com 7 meses. Todas foram mochadas recentemente e marcadas com V 7 na cara. Outro detalhe, é que os animais foram medicados recentemente, sendo a carne imprópria para consumo. FURTO NO CRAS - No dia 09 de setembro, foi percebido furto no CRAS - Centro de Referência de Assistência Social, do município de Ivaiporã. Levaram uma máquina fotográfica marca Nikon e modelo Coolpix 1.830 e um notebook na cor preta. No local, a porta dos fundos estava arrombada. Realizado patrulhamento, mas nada foi encontrado. ROUBO E FURTO - Na Vila João XXIII, a 01h05min, uma mulher ligou no 190, dizendo que durante a madrugada, acordou com um indivíduo na janela, o qual anunciou que era um assalto. A vítima reconheceu o autor, que notando o nervosismo da moradora, empreendeu fuga do local, O meliante já tinha furtado uma sacola com vários produtos da Boticário no valor de aproximadamente 800,00 reais. OUTROS CASOS - Ainda em Ivaiporã, houve direção perigosa e briga família. No caso da direção perigosa, o fato aconteceu na Monte Castelo, na noite de 09 de setembro, onde a equipe policial deparou com um Peugeot/207 picape XR, na cor prata, placa KWA-3518, que estava estacionado na contra mão. O condutor se encontrava  dentro do veículo e como o local é conhecido como ponto de venda de droga, a PM deu voz de abordagem, mas o motorista engrenou marcha ré e e saiu cantando os pneus até a esquina com a Rua Pato Branco, onde frenou bruscamente e o carro morreu. Novamente os PMs tentaram realizar abordagem, porém o motorista deu partida e acelerou na direção dos Policiais, obrigando um dos soldados a sair da frente e atirar contra o pneu do Peugeot para não se atropelado. O motorista conseguiu fugir. No caso da agressão familiar, o fato aconteceu no dia 10 de setembro, domingo, às 01h28min, no Jardim Belo Horizonte. Uma mulher informou que seu enteado tentou agredir o seu pai com uma faca. Foi constatado que o mesmo possui problemas mentais e apresentava nervosismo. A solicitante entrou em contato com o hospital municipal para que o mesmo fosse medicado, sendo que a equipe de PMs realizou a escolta até a unidade de saúde.

Nenhum comentário:

Postar um comentário