sexta-feira, 15 de setembro de 2017

IVAIPORÃ - Polícia prende assaltantes de caminhão da Skol

                          INVESTIGAÇÃO                       
Polícia Civil prende, em Ivaiporã, acusados de assaltar motorista de Borrazópolis que dirigia caminhão da Skol na região do Jacutinga

    Após mais um bom trabalho de investigação do Delegado Dr. Gustavo Dante e sua equipe, três jovens foram detidos acusados de participação em assalto na zona rural do município de Ivaiporã. "Em agosto de 2017, um caminhão distribuidor de bebidas da Skol, conduzido por uma pessoa de Borrazópolis, o Adriano Vieira dos Santos, foi assaltado entre a cidade de Ivaiporã e o Distrito de Jacutinga. Começamos a investigação e tivemos a felicidade de identificar os acusados do crime", informou o Delegado. No dia 14 de setembro, de 2017, a equipe formada pelo Dr. Gustavo e os Agentes da Civil: Aparecido, o "Cido"; Alvino Cândido, o "Preto"; Maicon e Silvio, cumpriu os mondados de prisão contra: Anderson Luiz de Souza, o "Andrinho"; Thiago Baltazar, o "Thiago Mulambo" e Tayrone Schedere. Durante a prisão de um dos suspeitos, o Thiago, o mesmo esboçou reação e deu trabalho para os policiais, mas não evitou sua detenção. Todos ficarão a disposição da polícia judiciária e da investigação que vai apurar, de forma mais detalhada, a participação de cada um. SOBRE O ASSALTO - Conforme o Blog do Berimbau e Rádio Nova Era informou; o cidadão de nome Adriano Vieira dos Santos, morador de Borrazópolis, e que trabalha com um caminhão de entrega da Skol (Distribuidora), foi assaltado, por volta das 18h30min, de terça-feira, dia 22 de agosto, de 2017, na Rodovia Municipal Nicolau Koltun que interliga Ivaiporã ao Distrito de Jacutinga. O condutor informou que voltava da referida localidade quando dois indivíduos, encapuzados, ao notar a aproximação do caminhão, jogaram troncos de árvores para impedir sua passagem. Adriano foi obrigado a parar, momento que recebeu voz de assalto. Ele e o ajudante Alfredo Rivelini Junior, receberam ordens dos bandidos para se deitarem no chão. Os marginais, um deles com um facão em punho e o outro com uma arma de fogo cromada, roubaram celulares e dinheiro, incluindo os documentos pessoais de ambas as vítimas. Após consumar o crime, saíram correndo em direção ao mato. Com chegada da Polícia Militar, foram feitos patrulhamentos nas imediações, porém, ninguém foi localizado naquele dia.


Nenhum comentário:

Postar um comentário