domingo, 10 de setembro de 2017

POLICIAL - Casos de embriaguez ao volante registrados na região

  SÃO JOÃO,  LUNARDELLI, BORRAZÓPOLIS e APUCARANA   
São João do Ivaí o motorista de Saveiro foi autuado por embriaguez.  Em Lunardelli, o acusado  bateu contra poste na Rodovia. Em Borrazópolis,  uma pessoa acusada de embriaguez  ao volante. Em Apucarana, três pessoas também foram detidas
SÃO JOÃO DO IVAÍ - Nossa reportagem informou erroneamente um caso de embriaguez ao volante, como sendo em Borrazópolis. A falha ocorreu porque a informação veio errada no Boletim de imprensa da Polícia Militar. O fato, na verdade, ocorreu em 10 de setembro, domingo, São João do Ivaí, às 20:30 horas. Lá, um jovem de nome Adriano da Silva Graciano, foi autuado acusado de embriaguez ao volante. Ele negou o crime. A PM informou que ele trafegava  na rodovia, fazendo zigue e zague, e que ao entrar no perímetro urbano, pela Avenida Itaipu, o carro, uma Saveiro foi abordado e que Graciano estava embrigado. Não foi feito o teste do bafômetro. Uma segunda pessoa que estava com Graciano, foi acusada de desacatar os PMs. LUNARDELLI - Em Lunardelli, no dia 09 de setembro, sábado, às 06h00min, o Fabiano Rosa Sitta, de 33 anos, foi detido. Segundo denúncia, na rua próximo ao Destacamento Militar, havia um veículo I30 de cor prata, com o condutor embriagado e que o mesmo havia sofrido uma colisão. No local, foi verificado que o carro era de cor prata e placa de Lapa PR. O condutor, no momento da abordagem, estava sentando no chão, próximo ao veículo, onde apresentava claros sinais de embriaguez. Foi oferecido o teste do etilômetro, mas ele se recusou. Questionado sobre a situação da colisão, informou ter rodado e batido em um poste próximo ao distrito de Pouso Alegre, e que se retirou do local. Foi oferecido atendimento médico, mas ele também recusou. Diante dos fatos, foi realizado o preenchimento do Termo de Constatação de Sinais de Alteração da Capacidade Psicomotora, e dado voz de prisão ao condutor do veículo. Ele negou que estivesse embriagado. BORRAZÓPOLIS - Em Borrazópolis, a PM informou que também no dia 10 de setembro, início da madrugada, deteve uma pessoa de nome Aparecido Andrade, de 45 anos, dirigindo um Celta prata, com as placas de Borrazópolis. "O motorista fazia zigue-zague pela via, e antes mesmo de receber voz de abordagem, perdeu o controle vindo a subir em cima da calçada. O motorista disse não possuir habilitação, bem como apresentava sinais de embriaguez. Perguntado se havia ingerido bebida alcoólica, afirmou que sim, que ingeriu várias cervejas. Oferecido então o teste do etilômetro, optou por realizar, aferindo 0,96 mg/l, sendo considerado a medida de 0,88 mg/l, configurando assim o crime tipificado no Art. 306 do código de trânsito", informou a PM. O homem foi levado para a DP de Faxinal. APUCARANA - Em Apucarana, foram três casos de embriaguez ao volante, no dia 09 de setembro. Segundo a PM, às 23 horas, houve flagrante de embriaguez ao volante na Av. Aviação, 2350, no Jardim Aeroporto. O detido tem 34 anos, e de nome Fabiano. Houve denúncia que no Bairro do Jaçanã, o condutor de um veículo Peugeot 206, cor prata, de placas de Curitiba/Pr, estava praticando direção perigosa e em alta velocidade e com os faróis apagados. A equipe de Policiais, conseguiu localizar o veículo. O motorista, de nome Fabiano, não possui carteira de habilitação e apresentava sinais de embriaguez. O teste aferiu 0,42 mg/l. Ele também foi levado para a Delegacia. O segundo casa aconteceu na Rua XV de Novembro, onde foi detido um jovem de nome Victor, de 19 anos. A PM em patrulhamento pela Rua 15 de novembro visualizou uma motocicleta em atitude suspeita, sendo dada voz de abordagem, a qual não foi acatada, tendo o condutor empreendendo fuga. Após alguns minutos de acompanhamento tático, a moto foi abordada na Rua Noboru Fukushima. Victor apresentava sinais visíveis de embriaguez e o teste aferiu 0,58mg/l. E por fim, o terceiro caso foi no domingo, dia 10 de setembro, na Rua Rafael Sorphile, no Conjunto Dom Romeu Alberti. Uma mulher de 52 anos, foi a detida. O Décimo Batalhão informou que após denúncia de acidente, onde um carro havia colidido contra um poste, tratando-se de um Ford/Ka, que era conduzida pela acusada. A condutora apresentava sinais de embriaguez, sendo submetida a exame de alcoolemia, que teve resultado 1,18mg/l, bem como, constatou-se que o veículo possuía débitos. O nome da detida não foi divulgado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário