quarta-feira, 25 de outubro de 2017

FAXINAL - Seis foram presos suspeitos de porte de arma e tráfico

Os acusados foram encontrados em uma residência alvo de denúncias de tráfico de drogas. Entre os detidos, está Márcio Cambui, foragido de Londrina 
         A Polícia Militar de Faxinal, informou que prendeu sete pessoas em uma ocorrência registrada na noite de terça-feira, dia 24 de outubro, às 22 horas, no Bairro Vale Verde. Os delitos supostamente constatados são: porte ilegal de arma de fogo; tráfico de entorpecentes, porte de munição e  cumprimento de mandado de prisão de um rapaz  por fuga de presídio . Entre os detidos, está um menor de 17 anos. Tudo começou quando a equipe de plantão fazia patrulhamento e avistou uma motocicleta placa KUH-5811, em atitude suspeita, a qual estava na frente de uma casa que é alvo de denúncias de tráfico e havia informações que nela estava homiziado um foragido da cadeia de Londrina. Foi dada ordem de parada ao condutor, que evadiu-se em alta velocidade e dispensou um invólucro com cerca de cento e noventa e oito gramas de maconha, um celular e uma bucha de cocaína de quatro gramas. Um homem de 41 anos, de nome Andenílson Tibúrcio Bonfim, foi flagrado deixando o local. Ele tinha quatro buchas de cocaína de duas gramas, R$126,00 em espécie e três celulares. O mesmo relatou que minutos antes havia comprado de um homem de camiseta verde, posteriormente identificado como o jovem de 32 anos, de nome Márcio Henrique Cambui Monteiro, que é foragido de Londrina e que tem um mandado de prisão e seria o morador do local. Com autorização de uma mulher, a Polícia entrou no imóvel, onde foram detidos quatro homens e um menor. Foi flagrado o acusado Márcio, jogando munições dentro do vaso sanitário, no qual foram encontrados 08 balas e vestígios de droga. Na lixeira do banheiro,  havia um revolver cal.38 com mais 5 munições intactas. A PM ainda apreendeu cinco celulares de procedência duvidosa e uma tornozeleira eletrônica. Márcio tentou ludibriar a PM, informando que seu nome seria Rafael, mas pouco depois foi desmascarado e identificado como sendo um foragido. Todos os acusados foram levados para a Delegacia. Até a manhã de quarta-feira, dia 25 de outubro, o menor e quatro acusados, haviam sido liberados, os quais negaram crimes e principalmente que tenham ligação com o tráfico. Adenílson Tibúrcio, ficou detido como suspeito de tráfico, mas ele também negou veemente o crime e solicitou sua liberdade. Márcio ficou recolhido e seria recambiado para a cidade de Londrina, de onde fugiu da cadeia e era procurado. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário