quarta-feira, 4 de outubro de 2017

IVAIPORÃ - "Revolta com a soltura de acusado de cometer crime"

Um dos elementos de Campo Mourão, contratados para matar uma moça em Ivaiporã, foi solto mediante pagamento de fiança no valor de 700 reais 
  Ouça, no link de vídeo, o desabafo do repórter "Berimbau"
    Após o pagamento de 700 reais, como fiança, foi colocado em liberdade, um dos elementos de Campo Mourão, contratados para matar uma moça em Ivaiporã. O fato causou indignação, pois os criminosos agiram de forma covarde e cruel, sendo que um deles abriu fogo contra uma adolescente de 14 anos, que foi baleada por engano. Por sorte e, por milagre, a vítima sobreviveu. Foi colocado em liberdade, a pessoa de  Vilmar Cesar Cavalheiro, 42 anos, que era o motorista do carro, e que recebeu quinhentos reais para ajudar no crime e trazer o atirador  de nome Pedro Guilherme Castilho, 21 anos, até Ivaiporã.    "O bandido recebeu 500 reais, ao qual ele vai somar mais 200 reais, para pagar a sua soltura como se nada tivesse acontecido.  De nada valeu o trabalho grandioso da Polícia Militar, que prendeu os acusados logo em seguida; e pode se perder também, parte do trabalho investigativo da Polícia Civil, que já apurou o mandante do crime. E a jovem de 14 anos, internada, ferida, assustada; a mãe que está traumatizada ao ver um indivíduo disparar quatro tiros contra a menina. É algo revoltando e não podemos concordar", desabafou o radialista.  No link de vídeo, ouça o comentário de "Berimbau". Para rever a matéria da tentativa e assinado, clique aqui. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário