sábado, 7 de outubro de 2017

POLÊMICA - Mulher de Mandaguari que aplicou golpe em Apucarana

MAIS DETALHES - Ela é acusada de levar 45 mil reais de um professor universitário aposentado
    Na cidade de Mandaguari, no dia 06 de outubro, não se comentava outra fato, a não ser o caso de uma mulher que foi a Apucarana e aplicou um golpe de 45 mil reais em um aposentado de 77 anos, casa revelado pelo Delegado Dr. Aparecido Jacovos. Segundo o Jornal Tribuna do Norte, a vítima é um professor universitário aposentado, o qual alega ter sido enganado pela mulher que lhe pedia dinheiro afirmando não ter condições de cuidar dos filhos pequenos e mãe doente, - o que não passaria de uma farsa. A denúncia chegou até à polícia através da família do senhor que teve conhecimento de transferências e empréstimos de alto valor sem motivos aparente. Questionado pelos familiares, o homem confessou que estava se envolvendo com uma mulher que prometeu ficar com ele. Ele disse que estava a ajudando pois ela tinha três filhos pequenos para criar e a mãe acamada. De acordo com o homem, a mulher dizia ainda que precisava até se prostituir para conseguir pagar as contas. A sensação de ter sido enganado surgiu após o aposentado descobrir que a mulher é uma empresária da cidade Mandaguari, onde é proprietária de uma loja. Ela também é casada e teria boas condições. A polícia vai agora investigar a denúncia para entender se os repasses em dinheiro e benefícios foram tratados como pagamento em troca de favores sexuais (o que não configuraria crime) ou se de fato, o homem foi ludibriado pela mulher que teria agido de má fé enquanto, segundo ele, se apresentava como alguém necessitava de ajuda.  CONFUSÃO - Em Mandaguari,  fotos de pelos menos três mulheres foram parar nas redes sociais, de pessoas alegando que elas eram as autoras do crime. Um homem procurou a Polícia Militar para registrar boletim de ocorrências e afirmou que vai entrar com ações de danos morais por calúnia e difamação.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário