domingo, 19 de novembro de 2017

ATENÇÃO - Homem que matou a mulher vai a julgamento em Ivaiporã

        EXCLUSIVO - FALA DO ADVOGADO      
Na véspera do julgamento de Miraldo Morais, o homem que matou a ex-mulher Carina Teixeira em Ivaiporã, advogado de defesa falou a nossa reportagem 

   Como noticiamos, a Comarca de Ivaiporã marcou para este dia 24 de novembro, de 2017, a data do julgamento de Miraldo Morais Pedreira, 34 anos, acusado de um crime que chocou a cidade e região. A vítima, Carina Teixeira, na época, com 29 anos, foi encontrada dentro da fossa do sítio onde o casal morava. Ambos tem dois filhos, uma menina de 09 anos, e um menino de 03 anos, inclusive um dos pontos polêmicos do julgamento, será o momento da fala da criança, que vai depor e falar sobre o comportamento do pai. Para sua defesa, Miraldo contratou o Dr. Alikan Zanotti, um dos advogados mais conceituados do Paraná, é que é especialista em causas criminais. Em entrevista, exclusiva, ao repórter Ronaldo Alves Senes, o "Berimbau", na véspera do julgamento, disse que realmente estamos diante de uma tragédia familiar, mas é importante ressaltar que o homem é um trabalhador, que nunca cometeu crimes e que agiu no impulso movido por um sentimento de ciúmes ao ver sua família ser desestruturada. O Advogado não adiantou muitos detalhes, mas pelo pouco que falou, ficou claro que o julgamento será um dos mais polêmicos já vivenciados pela Comarca de Ivaiporã. Para ouvir a entrevista com o Advogado, clique no link de vídeo. SOBRE O CRIME - Como noticiamos, na quinta-feira, dia 25 de Agosto, de 2016, familiares de Carina Teixeira procuraram a Polícia Militar para registrar seu sumiço; poucos dias depois, em 16 de setembro, publicamos uma nova reportagem já com Miraldo preso, confessando o crime e dizendo que agiu por causa do forte sentimento de ciúmes. Para rever reportagem da época, clique aqui 

Nenhum comentário:

Postar um comentário