sábado, 11 de novembro de 2017

POLICIAL - Homem atira na cabeça na cidade de Grandes Rios

Um cidadão muito conhecido foi internado em estado grave com ferimento de arma de fogo. O disparo aconteceu na própria residência 

Um cidadão de Grandes Rios, de nome Nelson Laveia, de 58 anos, foi internado em estado grave no início da noite de sexta-feira, dia 10 de novembro, de 2017, na Av. Brasil. Segundo informações apuradas pela Polícia Militar e repassadas ao Blog do Berimbau, o o homem chegou em sua residência e começou a discutir com a sobrinha, que tem 23 anos, logo em seguida, entrou no quarto, pegou um revólver a disparou dois tiros, o primeiro contra a porta do quarto, sendo que a bala transfixou e acertou em uma das paredes; já o segundo, foi contra a lateral da própria cabeça, mais precisamente na altura da fronte. Quando enfermeiros chegaram no endereço constataram que havia apenas um orifício de entrada do tiro e que o estado de saúde da vítima era grave. O mesmo foi conduzido até o Hospital e logo em seguida, transferido pelo SAMU - Serviço de Antedimento de Urgência e Emergência,  para o Providência (Hospital) em Apucarana. Indagada, a sobrinha ainda informou que o tio possuía mais duas armas, as quais foram encontradas sendo: uma pistola marca Taurus modelo PT 51 calibre 6.35, sem munições e uma espingarda de fabricação artesanal cano duplo, sem numero de série ou calibre definido. Ambas, juntamente com o revólver utilizado para os disparos, foram aprendidos e entregues a Polícia Civil, que adotou todas as providências cabíveis.  Uma pessoa ligou para a nossa reportagem dizendo que é familiar de Nelson, e que ele é um cidadão de bem, muito querido, mas que  um problema de ordem particular, pode ter desencadeado tal atitude, o que é lamentável,  porque se trata de um trabalhador. A mesma pessoa pediu uma corrente de oração em prol da vítima.   Quem também manteve contato com a Rádio Nova Era, foi o Vilmar, um amigo de Nelson, dizendo que ele é um grande produtor de tomate e que estava chocado com o fato. "Quando a pessoa está bem, tem muitos amigos, mas quando acontece isso, as vezes alguém começa a divulgar informações inverídicas e maldosas, mas o Nelson não merece isso. É um grande companheiro e peço a Deus por ele", disse Vilmar.  No link de vídeo, ou a fala completa de Vilmar. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário