domingo, 3 de dezembro de 2017

APUCARANA - Duas tentativas de homicídio foram registradas

Após confusão, jovem levou três tiros em Apucarana. Ainda houve o caso de uma pessoa agredida com facão 
               No relatório da Polícia Militar de Apucarana, divulgado na manhã de domingo, dia 03 de dezembro, de 2017, foram registrados dois casos de agressão. Um deles com golpes de facão e outro a tiros. No caso dos disparos de arma de fogo, o fato, ocorreu na Rua Castro Alves, no Jardim Ponta Grossa. A central de operações recebeu informação uma pessoa havia sido alvejada. Em contato com uma testemunha, que é pai de vítima, o mesmo relatou que seu filho, Maicon, e mais algumas pessoas estavam ingerindo bebida alcoólica na frente de sua residência, Rua Jurema, esquina com Rua Castro Alves, e que em dado momento, seu filho e um tal de Marlon, começaram a discutir e entraram em vias de fato. O envolvido saiu do local dizendo que iria em sua residência buscar uma arma, sendo que instantes depois retornou com um revólver e puxou o gatilho pelo menos 5 vezes. Foi acionado o socorro, que verificou que o ferido, recebeu pelo menos 3 tiros. O agressor correu, mas a Pm foi parar na casa dele, sendo que o rapaz é também acusado de tráfico. Na residência, ele não foi localizado, mas uma varredura, inclusive com a equipe Canil, possibilitou encontrar uma balança de precisão, no Guarda-roupas, uma porção de maconha de 5,96 gramas, e quantia de dois mil quinhentos e oito reais e vinte centavos.   

   FACÃOZADAS -  No dia 02 de dezembro, sábado, às 21 horas, na Rua Gustavo Henrique Resende Bueno, no Bairro Jaçanã, foi detido um homem de 39 anos, e apreendido um menor de 16 anos. No local foi constatado que Sérgio de Oliveira, estava com um ferimento no braço esquerdo e ombro direito. Ele afirmou que o agressor, com golpes de facão, seria um menor que mora na mesma Rua na residência número 101. Testemunhas disseram que Sérgio e o Menor discutiram e entraram em vias de fato na via pública, momento em que o maior pegou um pedaço de madeira e acertou a face do adolescente, que foi embora, mas posteriormente voltou com um facão e deferiu golpes no braço esquerdo e ombro direito. Com a chegada da PM, ambos os envolvidos foram autuados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário