segunda-feira, 4 de dezembro de 2017

PROGRAMA - São João Sorridente oferta implantes dentários

              O Governo Municipal de São João do Ivaí lançou em 2014 o programa São João Sorridente, buscando ampliar o número de consultas odontológicas e oferecer próteses dentárias gratuitas a população. Da implantação até os dias atuais, a coordenação do programa divulgou que foram mais de 700 próteses confeccionadas e entregues.  A iniciativa conta com a parceria do Governo Federal, através do programa Brasil Sorridente. “Conseguimos cadastrar o município no programa, passando a receber subsídio do governo para produzir as próteses”, destaca a secretária de Saúde, Adriana Ceron de Almeida. Na última sexta-feira (01), no Centro Social, foi inaugurada a nova vertente do programa: a oferta de implantes.   Segundo Carla Emerenciano, essa nova opção é uma conquista da administração em parceria com o Governo do Estado. “As pessoas que precisam de implante dentário podem procurar diretamente a secretaria de saúde, para serem encaminhados a equipe de dentistas do São João Sorridente”, orienta.   Carla destacou que a população não pagará nada pelo implante e as consultas de avaliação serão feitas na unidade local. “O paciente pode vir a custear o raio-x ou outro exame complementar, mas as consultas e implantes são gratuitos. É mais uma oportunidade voltada para as pessoas que mais precisam”.   O primeiro lote de consultas reúne 40 pacientes que devem passar por todas às avaliações necessárias. Cada pessoa pode fazer até seis implantes. As cirurgias devem acontecer a partir de janeiro de 2018. Às vésperas do ano eleitoral, muitos buscam aproveitar do que é feito para a população para promover algum candidato, é o que alerta a vice-prefeita, que afirma ter recebido muitas queixas sobre isso.  “O programa São João Sorridente foi criado por nossa gestão e atende centenas de pessoas. Não precisa assessor de político vir enganar o povo, afirmando que foi o deputado que deu. A população pode confiar em nós e procurar diretamente a secretaria de saúde, evitando dever favor para os espertos que estão por aí”, reforça Carla Emerenciano.

Nenhum comentário:

Postar um comentário