quinta-feira, 4 de janeiro de 2018

APUCARANA - Foi vender papagaio nas redes sociais e acabou preso

          Uma nota publicada pelo Tribuna Online, de Apucarana revela que um jovem de 23 anos foi preso na tarde desta quinta-feira (4 de janeiro), suspeito de comercializar aves silvestres nas redes sociais. Ele foi preso em flagrante pela Polícia Militar Ambiental de Apucarana, vendendo um filhote de papagaio na Rua André Kurilo, no Jardim Interlagos.  O subtenente Rogério Albino do Prado disse que recebeu uma denúncia de que um morador de Curitiba estaria na cidade vendendo aves silvestres. O rapaz estava cobrando R$ 600 por cada uma e já teria vendido quatro. A equipe descobriu o endereço onde o jovem estava negociando a venda de um filhote e foi até o local. "Além do crime ambiental ele também responderá por desacato", acrescentou o subtenente.  De acordo com Prado, o suspeito alega que as aves foram capturadas no Vale do Ivaí. Contudo, a polícia suspeita que os papagaios foram trazidos do Mato Grosso. Segundo a polícia, o animal consta na lista oficial de espécies ameaçadas de extinção.  MAIS AVES - Mais tarde, foi divulgada uma informação, que mais aves foram apreendidas na casa da tia do rapaz. Todas as providência foram tomadas em relação ao caso.  (Por TN Online)

Nenhum comentário:

Postar um comentário