sábado, 6 de janeiro de 2018

IVAIPORÃ - Denúncias, morte de gato, furto e quebra pau

Várias ocorrências foram registradas pela Polícia Militar, entre elas, denúncia contra um Serralheiro que estaria usando tinta, mesmo impedido por ordem do Ministério Público 
         DENÚNCIA - No dia 05 de janeiro, uma moradora da Avenida Ladislao Gil Fernandez, disse que o dono de uma serralheira existente no local estava usando tinta para pintura e que ele estava proibido pelo MP - Ministério Público. O comerciante disse que tem toda documentação e que não tem nenhuma ordem o impedindo de usar tinta. GATO MORTO - Na Rua Juarez Cleve, uma moradora disse que foi ameaçada pela vizinha, que jogou pedras em sua casa dizendo que ela tinha matado seu gato de estimação. A mulher nega que matou gato. FURTO- Na Rua Ivaiporã, Vila Alto Porã, o dono de uma sorveteria disse que foi nos fundos da empresa, e quando voltou, notou que tinham furtado dinheiro. Testemunhas apontaram que um rapaz conhecido como "Negão", seria o autor. Ele não foi localizado pela PM, mas por telefone teria negado veementemente o crime. Caso é investigado. QUEBRA PAU - Em uma confraternização que acontecia na Rua Pedro Vanzela Filho, o pau quebrou. Um homem que participava, disse que quatro pessoas o agrediram e o expulsaram. Nomes não foram divulgados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário