domingo, 11 de fevereiro de 2018

ARIRANHA – Cofre levando com 100 mil é localizado pela PM

                   COFRE ENCONTRADO                 
A mesma quadrilha é suspeita de praticar crimes em Cândido de Abreu, onde roubou uma camioneta de um entregador de móveis. O cofre foi encontrado em Ivaiporã 
A quadrilha também é suspeita de roubar este
Veículo em Cândido de Abreu 
  A Polícia Militar de Ivaiporã, informou que no dia 10 de fevereiro, de 2018, às   10h50min, na  Estrada Scaramal, a equipe de serviço da PM  foi solicitada para comparecer no endereço, onde segundo solicitante anônimo,  havia um cofre na via. Chegando ao local, foi encontrado  o referido objeto,  medindo aproximadamente um metro, aberto, com a porta quebrada e vazio. Constatou tratar-se do cofre roubado em Ariranha do Ivaí.  O ROUBO - Conforme informamos,  em  Ariranha do Ivaí, por volta das 04 horas, da madrugada de domingo, dia 04 de fevereiro, a equipe da Polícia Militar foi acionada, por uma família, que foi vítima de roubo na Rua Miguel Verenka. Seis indivíduos invadiram a residência, sendo que três estavam armados de pistola e subtraíram um cofre de aproximadamente um metro, que no seu interior havia um montante de um pouco mais de R$100.000,00 (cem mil reais). Eles evadiram-se em um GM Celta de cor preta. A família informou ainda que foi ameaçada de morte, que colocaram a arma na boca de um dos membros várias vezes, além de amarrá-los, e que os meliantes demonstraram conhecer a rotina dos moradores. A PM iniciou diligências e logo recebeu denúncias de que havia um veículo GM Celta de cor preta e placas MJO- 9023, caído em uma caixa de contensão de água,  à beira de um carreador, no Bairro rural Alecrim, e que avistaram um indivíduo nas proximidades. Assim que os soldados chegaram, encontraram o carro e prenderam o suspeito Wellington Luiz Amansio Alves, que estava com as chaves do carro em seu bolso e assumiu a posse do veículo. Ao ser questionado sobre o roubo, Wellington confessou ser um dos autores, que participou com mais quatro indivíduos, mas que sabia o nome de apenas um deles, o qual foi informado. Também afirmou que todos se reuniram próximos da casa do rapaz, cujo nome ele repassou,   para abrir o cofre e repartir o montante, e que após a divisão, o citado levaria sua parte. Os policiais foram então até o endereço informado, porém havia apenas um  Fiat Marea, que segundo Wellington, foi utilizado pelos comparsas para fuga. Um detalhe importante é que Wellington e seus comparas, além de serem reconhecidos como autores do roubo em Ariranha, também são apontados como autores de assaltos em Cândido de Abreu, entre eles, no mês de janeiro, de 2018, roubaram uma F.1000, carroceria de madeira, com placas CSX 2163. Segundo informações, bandidos também usaram um Celta preto, renderam o motorista que entregava produtos para a empresa M M (Mercado Móveis); amararam o condutor e uma segunda vítima que passava pelo local na hora do crime. O roubo foi na zona rural, sítio "Ubazinho II".  Os demais integrantes estão sendo procurados. Clique aqui para rever este roubo. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário