quarta-feira, 25 de abril de 2018

IVAIPORÃ - Prefeitura de Ivaiporã cria Estação Ecológica na Fazenda Caioá

 O prefeito de Ivaiporã, Miguel Amaral, e os proprietários da Fazenda Caioá, Edson Gomes e Samira Rinaldi Faian, assinaram o decreto de criação da Estação Ecológica, após estudo realizado pela CCM Ambiental (Consciência e Conservação do Meio Ambiente) de Campo Mourão. A Estação Ecológica foi criada numa extensão de 73,5 hectares. Ou seja, 735.114,00 metros quadrados.  Com a criação da Estação Ecológica a área é transformada numa Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN), que tem como objetivos promover a conservação da diversidade biológica, proteção de recursos hídricos, manejo de recursos naturais, desenvolvimento de pesquisas científicas, atividades de ecoturismo, educação, manutenção do equilíbrio climáticos e ecológico, bem como a preservação de belezas cênicas e ambientes históricos.  A CCM Ambiental iniciou os estudos, há 3 anos, durante a gestão do prefeito Carlos Gil, culminando com a criação e assinatura do decreto, na sexta-feira, dia 20 de abril. “Além dos benefícios diretos com o aumento da arrecadação, a expectativa é que a Estação Ecológica Caioá se torne destino para pesquisadores e turistas”, desejou o prefeito Miguel Amaral, enfatizando a importância da preservação ambiental.  Segundo Claudiomar Casalvara, que é sócio proprietário da CCM Ambiental, trata-se de uma unidade de conservação de proteção integral que irá gerar royalties. “Na propriedade há uma floresta considerada de mata atlântica, que é muito importante para o município, e encontra-se na área de abastecimento. Agora, o trabalho é concretizado pelo prefeito Miguel Amaral”, comentou Casalvara.  Dos 100% de recursos que o município receberá 50% serão repassados aos proprietários da área – Edson Gomes e Samira Rinaldi Faian, outros 10% serão investidos na RPPN e 40% serão designados para as áreas da educação e saúde do município.  “O município irá receber entre R$400 mil e R$450 mil por ano. Portanto, metade desse valor será pago ao casal Faian e o restante direcionado a investimentos na RPPN, bem como na saúde e educação. Após pagar a área, que foi calculada em R$2.120.195,86 o município ficará com 100% dos recursos”, reforçou Claudiomar Casalvara, citando exemplos de municípios onde foi criada Estação Ecológica: Mato Rico, Campina do Simão, Barbosa Ferraz e Fênix.  Edson Gomes Faian contou que adquiriu a Fazenda Caioá, há 18 anos, e sempre teve consciência acerca da importância da preservação ambiental. “A criação da Estação Ecológica é importante para o Ivaiporã, porque irá gerar recursos. Trata-se de uma área muito bonita, onde há represa e animais silvestres”, disse Edson Faian.  O diretor do Departamento Municipal de Meio Ambiente, Alaercio Bufalo, defendeu que a Estação Ecológica será preservada com auxílio da CCM Ambiental. “É muito importante para o município – especialmente devido à arrecadação do ICMS Ecológico. Dessa forma, a Prefeitura poderá investir mais na saúde e na educação”, declarou Alaercio Bufalo.  Também participou da assinatura o cartorário Júlio de Souza.  (Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Ivaiporã – Lúcia Lima)

Nenhum comentário:

Postar um comentário