segunda-feira, 14 de maio de 2018

ARAPUÃ e LIDIANÓPOLIS- CONVÊNIOS

Arapuã, Lidianópolis e outras cidades do Paraná investem em escola, parques, ônibus,  praças e pavimentação 
                Os prefeitos Deodato Matias, de Arapuã, e Adauto Mandu, de Lidianópolis, municípios do Vale do Ivaí, assinaram convênios com a Governadora Cida, neste dia 14 de maio, de 2018. Para Arapuã, pavimentação asfáltica, galerias, meio fio, e calçamento no valor de 480 mil, além de 39 mil de contrapartida. Recursos viabilizados pelo deputado Alexandre Curi, a ser edificado no Distrito de Romeópolis. Ainda há mais 300 mil, em pedra irregular, do deputado federal Sérgio Souza, para a comunidade do Alto Lageado. Em Lidianópolis, a autorização é para licitação de R$ 265.000,00, dinheiro que vai ser utilizado para comprar ônibus para o transporte rural gratuito. SOBRE OS RECURSOS - Construção de escola para a educação infantil, melhorias de parques e praças, aquisição de equipamentos, obras de pavimentação e recape asfáltico são algumas das ações que serão implantadas por 34 municípios paranaenses, de diversas regiões do Estado, com apoio do Governo do Estado. O investimento soma aproximadamente R$ 17,1 milhões. No Palácio Iguaçu, em Curitiba, a governadora Cida Borghetti assinou convênios e também autorizou licitação de projetos das prefeituras. Cida lembrou que no período de 40 dias, desde que iniciou a atual gestão, o governo estadual liberou R$ 235 milhões para mais de 200 municípios. Foram formalizados mais de 300 convênios com as prefeituras para obras e compra de equipamentos. “A agilidade do Estado para liberar esses recursos faz toda a diferença para as prefeituras”, afirmou a governadora. “Temos a responsabilidade de fazer uma gestão rápida e eficiente, que atenda todas as demandas dos municípios. Estamos no caminho certo, que é estar junto com as prefeituras e os deputados para toda a população”, disse Cida Segundo Wellington Dalmaz, superintendente do Paranacidade, pertencente à Secretaria do Desenvolvimento Urbano, os escritórios regionais estão analisando cerca de 1,8 mil convênios. “Estamos trabalhando de domingo a domingo. Os municípios não têm condições de fazer as obras sozinhos e o Estado dá a estrutura necessária”, disse ele.

Nenhum comentário:

Postar um comentário