quinta-feira, 21 de junho de 2018

REVOLTA - CAMPOS GERAIS

Moradores de Ortigueira e Telêmaco Borba ficaram revoltados com soltura do menor que decapitou um adolescente 
             Apontado como responsável por decapitar um jovem a machadadas,  um adolescente, de 17 anos,  deixou o Centro Regional de Socioeducação,  de Ponta Grossa,  (Cense),  nesta terça-feira (19 de junho, de 2018) e voltou às ruas de Telêmaco Borba. Segundo a Polícia Civil, o menor ficou 45 dias na instituição e saiu por decisão da Vara da Infância e da Juventude de Telêmaco.  Ele  já havia passado pelo Cense no mês de abril, de onde saiu com a condição de fazer um curso de qualificação profissional. Na ocasião,  respondia por ato infracional análogo a roubo e homicídio. A decapitação de um jovem na Vila Rosa aconteceu no dia 1º de maio, uma semana após o suspeito deixar o Cense.  A vítima do crime bárbaro também era um adolescente, de nome Lucas. Ele morava na localidade de Lageado Bonito, em Ortigueira, e tinha ido até um ponto de drogas,  na Vila Rosa,  em Telêmaco. Logo que chegou, foi baleado por uma pistola 9 milímetros. Informações levantadas pelos policiais apontam que o atirador seria Alisson Augusto Andrade Lopes, 24 anos, acusado de ser o responsável pelo ponto de droga.   O adolescente que deixou o Cense, teria cortado a cabeça de Lucas,  quando ele já estava morto. Um vídeo foi gravado em um celular,  por amigos do menor,  e flagrou o momento em que ele golpeia o pescoço da vítima com um machado. (Fonte - Edinaldo Henrique/ e imprensa local de Telêmaco Borba) 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.