quarta-feira, 18 de julho de 2018

BORRAZÓPOLIS - Ladrões levam cofre da empresa Mayandra Madeira

                       FURTO OUSADO                        
Eles chegaram em um veículo, arrombaram a porta da frente  e fugiram alguns minutos depois levando o cofre que foi localizado na Estrada Rural do Bairro Cassimiro 
Veja o vídeo onde ficaram registradas imagens da ação dos meliantes carregando o cofre 
Foi localizado danificado, o cofre furtado em Borrazópolis. Ele estava às marges da estrada rural do Bairro Cassimiro. Conforme informamos, por volta das 19:10 horas, da noite desta terça-feira, dia 17 de julho, de 2018, o empresário Luiz Darros, proprietário da Mayandra Madeiras,  que já tinha fechado o estabelecimento, localizado às margens da Rodovia PR 466, saída para Kaloré, voltou para guardar alguns objetos e não percebeu nenhuma movimentação estranha. Mas cerca de 15 minutos, após deixar o local,  um  carro, a princípio um Fiat Pálio, com pelo menos quatro indivíduos, chegou  na empresa.  Eles desceram e enquanto um deles ficou com o capô aberto,  simulando que o automóvel estava com problemas, os demais foram pelos fundos, onde há marcas de tentativa de quebrar um buraco na parede. Como não houve sucesso, eles entraram no carro e parecia terem ido embora, mas  voltaram cerca de 10 minutos depois. Na segunda vez, eles estacionam o veículo na frente da Madeireira e arrombam a porta de blindex, que é a entrada principal. Já no interior do prédio,  arrebentaram a  porta do escritório, onde reviraram gavetas e levaram uma pequena quantia em dinheiro. Também foi arrombada a porta de acesso ao local onde ficam as mercadorias e de onde foi levado o cofre. Há princípio não havia valores, apenas papeis.  No momento em que os meliantes carregavam  o referido cofre dentro do carro, passou um ônibus da prefeitura; foi quando uma dos ocupantes do coletivo percebeu o objeto  sendo  levado e avisou Luiz Darros que um possível delito era praticado.  Acionada a Polícia Militar, soldados Ivan e Dario, estiveram no local, mas os meliantes já havia fugido. As imagens foram analisadas e o cerco foi fechado na região. Com o furto deste dia 17 de julho, de 2018, já seria a quinta vez que os marginais agem na mesma empresa. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário