" width="650" / />

quarta-feira, 27 de maio de 2020

PRISÕES - Dono de Provedor é detido em Manoel Ribas

Após furtos de equipamentos de "Torre de Internet" em Cândido de Abreu e região de Manoel Ribas, empresário da "Up Telecom", que atua no mesmo setor e dois funcionários, foram detidos 
      Por conta de uma ocorrência, que começou, após furto em Cândido de Abreu, registrado pelo Destacamento, que tem no comando o Sargento Moser, a equipe da Polícia Militar de Manoel Ribas, comando do Sargento Toni, também com apoio da Polícia Civil,  realizou operação que culminou com a prisão de suspeitos de furtos de equipamentos de Torres de Internet, na referida cidade de Cândido de Abreu, mas que também são apontados como autores de furtos, da mesma natureza, em Manoel Ribas e outras cidades da região. "Se a Polícia investigar, vai descobrir que um empresário, que atua na área, ou seja, tem provedor e vende sinal de internet em Cândido de Abreu, Manoel Ribas e Ivaiporã, está contratando pessoas para praticar este tipo de furto, em detrimento de seus concorrentes, os quais tem sido vítimas dos delitos", informou um dos denunciantes ao Blog do Berimbau e Rádio Nova Era. A princípio, seria, mais ou menos, esta a constatação, após uma operação realizada na noite e madrugada, de 27 de maio, de 2020. Em nota, a PM, informou que recebeu denúncia anônima de que havia ocorrido um furto na torre da localidade de "Lageado II, no conhecido "Morro do Boscardim", em Cândido Abreu,  assim como  outros já denunciados. No caso em questão, havia uma Câmera de Segurança, na referida torre, a qual possibilitou a identificação do carro usado pelos ladrões, ou seja, um Voyage de cor prata. Em diligência, a Polícia Militar chegou aos suspeitos, de 25 e 28 anos, bem como localizou o carro, os quais confirmaram e informaram que vendiam as antenas para o proprietário de uma Loja Informática de Manoel Ribas,  de nome Geancarllo Costa Luiz, sendo este também  dono de Provedor . Em posse dos detidos havia diversas antenas de internet via rádio, de procedência duvidosa. Eles confessaram o furto de três antenas de torre de internet e apontaram que haviam repassado para o patrão, que é o já citado dono da Loja de Informática. "Com esta informação, a PM, juntamente com um investigador da Polícia Civil, deslocou até a residência do suspeito, de 35 anos. Com nossa chegada, ele demonstrou-se bastante exaltado, tentando impedir a entrada da equipe. Na parte interna do apartamento, não foram localizadas as antenas, porém, ao verificar a lavanderia, havia uma caixa contendo três antenas de internet. Indagado, não soube dizer a procedência, mas afirmou que não pertencia a ele, as quais foram reconhecidas pela vítima do furto. Também realizamos buscas em sua Loja, e localizamos alguns objetos de procedência duvidosa: uma máquina de fusão de fibra óptica na cor preta, marca Nextfiber, e um bloqueador de sinal de telefonia e sinal de satélite, na cor preta de oito canais. Apreendemos ainda dois notebooks, um no apartamento e o outro no automóvel e  quatro aparelhos celulares", informou a Polícia Militar. Diante dos fatos, foi dado voz de prisão aos envolvidos e conduzidos até a delegacia de polícia civil, juntamente com os objetos apreendidos, bem como o veículo usado no ilícito. Tivemos acesso ao nome do empresário porque  uma pessoa ligou, dizendo que era em nome de sua defesa, afirmando que ele negou que tenha cometido crimes. Também informou que em breve ele vai usar o espaço para publicar uma nota. Nos colocamos a disposição.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA