" width="650" / />

domingo, 28 de junho de 2020

BORRAZÓPOLIS - Casa de Pastor é alvo de operação de busca e apreensão


         Em Borrazópolis, neste dia 28 de junho, de 2020, recebemos informações que a Polícia Civil esteve na casa de um Pastor, que está a frente de uma das Igrejas Evangélicas mais tradicionais da cidade. No local,  os agentes cumpriram ordem de busca e apreensão, que tem origem em um inquérito que está sendo investigado, após uma denúncia grave, que chegou as autoridade. Segundo informações, no local,  foram apreendidos: o celular do religioso e também alguns equipamentos eletrônicos.  O Delegado Dr. Ricardo Augusto de Oliveira Mendes, confirmou que a busca foi autorizada pelo juiz da comarca de Faxinal.  "Houve uma denúncia, feita por uma adolescente, de 12 anos, acusando o Pastor de abuso sexual. Como a menina relatou que, durante a prática do crime, houve fatos em que ele ligava, via celular, fomos em busca de celulares, computadores, tablets, pendrives e outros equipamentos, para que eles possam ser periciados e, quem sabe, localizamos provas desta denúncia". disse o Delegado Dr. Ricardo.   O Pastor, em outras oportunidades já negou os fatos dizendo que eles são absurdos e que não cometeu nenhum crime. Também que conta com apoio da comunidade evangélica, que sabe de sua condutada ética e sem manchas.  Um membro antigo da Igreja, afirmou que essas denúncias e investigações não devem ser interpretadas como um prejulgamento de quem é inocente;  e muito menos atingir a imagem da Igreja, que é uma instituição que sempre prezou pela honestidade, transparência e na sua missão de pregar o evangelho de Deus.  Nossa reportagem se  colocou  a disposição do Pastor, para que  ele possa se pronunciar. Ele revelou que, neste momento, não quer usar do direito de resposta, por conta do risco da justiça interpretar que ele esteja  interferindo nas investigações. O Pastor jura inocência e revelou que até o final do processo,  o contrário será provado, em nome de Deus,  que é Pastor e não o abandonará.  Após a publicação, houve um pedido da comunidade evangélica, a nossa reportagem, para  preservar nomes até que os fatos sejam devidamente esclarecidos. A própria Igreja realizou uma investigação paralela e esta convencida da inocência do religioso.  Atendemos o pedido e nos colocamos a disposição para qualquer esclarecimento que seja necessário. Também fizemos a mesmas solicitação para outros órgãos de imprensa da região. 

4 comentários:

  1. Respostas
    1. As vezes tem fogo estranho não julgue você não sabe o seu amanhã todos nós estamos sujeitos as injustiças

      Excluir
  2. Injustiça que estão fazendo contra o pastor Adilson e todos que estão acusando injustamente serão envergonhados preguei a palavra de Deus nessa igreja e podemos acompanhar de perto a conduta e a honestidade do pastor Adilson todos que o conhecem de verdade sabe que jamais o pastor se prestaria a essas práticas ninguém joga pedra em árvores que não produzem frutos bons e Deus vai esclarecer essa injustiça em nome de JESUS O ADVOGADO DA IGREJA ESTAMOS MUITO TRISTES COM TUDO ISSO E ESTAMOS EM ORAÇÃO AS PORTAS DO INFERNO NAO PREVALECERÃO CONTRA UM HOMEM DE DEUS E MUITO MENOS CONTRA A IGREJA DO SENHOR

    ResponderExcluir
  3. Sabe de nada inocente, fora isso já teve outras conversar q ele tinha dado em cima de outras mulheres da igreja

    ResponderExcluir

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA